Idinando Borges
abril 29, 2019

O Vereador e Presidente da Câmara, falou em nome dos homenageados da Polícia Civil.

 

 

DSCN1765

O Delegado e Chefe do 13º Departamento de Polícia Militar, Carlos Capristrano e o Presidente da Câmara Amarílio de Andrade

Por ocasião do evento da Polícia Civil de Minas Gerais, que aconteceu na tarde do dia 26, quando foram homenageadas diversas autoridades, o vereador e Presidente da Câmara falou com  em nome dos homenageados. Com propriedade, falou da história, evidenciou a Instituição e ainda falou de sua Obra Social.

DISCURSO DE AGRADECIMENTO DA MEDALHA DISTINÇÃO POLICIA CIVIL 26 ABRIL DE 2019

 

O ano era 1808. Enquanto as nações mundiais tentava se firmar no cenário internacional utilizando os velhos canhões e baionetas, aqui em nosso Brasil, no Rio de Janeiro, que foi o embrião para a Policia Civil que está hoje presente em todo o Território Nacional,   se criava uma força pública que jamais iria se omitir quando se faz necessário conduzir a chama da ordem e do progresso sob a bússola da dignidade e do trabalho, sim com este mesmo lema se criaria tempos depois  a Policia Civil de Minas Gerais.

Dr. Wagner Pinto de Souza Chefe da Policia Civil de Minas Gerais.

Dr. Luiz Álvaro Abrantes Campos Prefeito Municipal de Barbacena, anfitrião desta tarde na pessoa de quem saudamos todos os demais Prefeitos, Parlamentares, militares e empresários que nesta tarde são homenageados.

Dr. Carlos Capistrano, chefe do 13º Departamento de Polícia Civil em Barbacena, na pessoa, de quem saudamos todos os senhores Delegados e servidores da Policia Civil.

Senhoras e

Senhores

Senhores da imprensa

 

Nestes 43 anos de vida pública e  14 na Presidência do Poder Legislativo de nossa terra, tive o privilégio de homenagear inúmeras autoridades dentre Presidentes da República, Ministro de Estado Governadores, Magistrados, Parlamentares, vários Brigadeiros de nossa Gloriosa Força Aérea e vários Comandantes de nossa Polícia Militar e Delegados de nossa aguerrida Polícia Civil.

Porém, devo confessar que  é a primeira vez que tenho sobre os meus ombros a honrosa missão de em nome dos agraciados com Medalha Distinção da Polícia Civil agradecer pela honraria que nos foi autorgado.

Todos nós conhecemos a importância e o papel desempenhado pela Policia Civil na manutenção da ordem e na investigação dos delitos. Juntamente com outras instituições nos garantem a paz e segurança que todos buscamos e mantem viva a chama de uma democracia mais justa e duradoura.

Quero neste momento em nome de todos os distintos homenageados e em meu próprio levar os nossos sinceros agradecimentos ao Dr. Wagner Pinto de Souza Chefe da Polícia Civil em nosso Estado ao Dr. Carlos Capistrano chefe do 13º Departamento da Polícia Civil em Barbacena, a chacelaria e a todos que contribuíram com este evento  da Medalha, pois estamos do fundo de nosso coração gratos pela homenagem e pelo momento que nos estão proporcionando, certo de que esta momento servirá como exemplo para as gerações que nos sucederão.

Ao  caminhar para concluir minha fala gostaria de trazer um fato que a todos irão alegrar, pois a Polícia Civil não é apenas fazer inquérito, não é apenas fiscalizar o trânsito, atendimento ao idoso ou a mulher vítima de violência, mais acima de tudo há uma grande preocupação em salvar vidas e amenizar sofrimentos.

Este exemplo nos é dado pelo Delegado Carlos Capistrano, que ajudou a fundar a duas décadas o Centro de Atendimento aos Portadores de Câncer do Hospital Mário Penna, obra esta inspirada por Dom Luciano Mendes de Almeida  estando incluído entre mais de 70 ilustres mineiros que são os Conselheiros sendo que o mesmo faz parte da Diretoria Executiva, sendo hoje o seu Secretário, onde já atendemos a mais de 4.380 pacientes com Câncer, deixando assim um exemplo a ser seguido por outras autoridades constituídas.

Salve os nossos homenageados

Salve a nossa gloriosa Polícia Civil