Marcio Cleber
abril 4, 2018

IX Feira Italiana de Barbacena: 130 anos de constituição da Colônia Rodrigo Silva e da imigração italiana em Barbacena

A nona edição da Feira Italiana de Barbacena tem um motivo muito especial para sua realização, pois celebrará os 130 anos de constituição da Colônia Rodrigo Silva e da imigração italiana em Barbacena e 15 anos da Casa D’Italia di Barbacena.

Barbacena foi a primeira cidade de Minas Gerais a receber oficialmente os imigrantes italianos, por volta do ano de 1886, duas nações, Brasil e Itália, um casamento perfeito. No início, vieram 25 famílias de origem do norte da Itália para a Fazenda do Facão (Sericícola) e posteriormente transferidas para a recém criada Colônia Rodrigo Silva. As atividades destes imigrantes envolviam principalmente a agricultura com destaque para o cultivo de milho, feijão, batatas e uvas (com produção de vinho) e junto com a posterior chegada dos imigrantes das várias regiões da Itália, construíram uma brilhante trajetória de luta e de conquistas. Seus descendentes continuam a escrever páginas desta presença marcante na cidade.

IX Feira Italiana de Barbacena

Foto: Arquivo Márcio Cleber  – A Feira Italiana de Barbacena já se tornou um marco na história da cidade

A Associação de Cultura Italiana de Barbacena – Casa d´Itália di Barbacena, surgiu para manter viva a cultura italiana na região e desenvolver a integração dos descendentes das famílias imigrantes do referente país com a comunidade regional. Nesta intenção, fomenta atividades para ampliar seus associados com objetivo desenvolver atividades para apoderar o grupo alvo de sua cultura ancestral.  Uma das grandes realizações da Casa d´Itália di Barbacena é a Feira Italiana, evento destinado a enaltecer a cultura italiana, acontecendo anualmente, momento em que divulga este trabalho.

A Feira tornou-se um marco no calendário de eventos de Barbacena e acontece na próxima semana entre os dias 12 e 15 de abril apresentando músicas, danças e comidas típicas; desfile de crianças com indumentária característica e show dançante. No dia 12 de abril haverá a tradicional pré-abertura com música ao vivo, às 21h, no Gino´s il Candelabro. Sexta-feira, dia 13, na Colônia, barracas com comidas e música – som mecânico. No sábado, dia 14, abertura oficial às 16h com a presença de autoridades e a participação da Banda de Música do 9º Batalhão da Polícia Militar, seguida da escolha do “Colonino” e “Colonina” (concurso infantil) e a noite será animada pela cantora Luma Goulart. A programação de domingo, 15, inicia-se com missa campal às 10h seguida de música Italiana ao vivo com Daniel Falzoni e Tamyres Brandão, Dança Folclórica do grupo Tarantolato, de Juiz de Fora, e às 14h apresentação do  “Colonino” e “Colonina” eleitos. Às 15h, reapresentação do Grupo de Dança Folclórica e encerramento, às 17h, show dançante com Luma Goulart.

As escolas Estadual Gabriela Ribeiro Andrada e Municipal Inês Piacesi participarão durante toda Feira com atividades culturais desenvolvidas pelos alunos, entre elas o desfile com roupas típicas para escolha do “Colonino” e “Colonina”.
A tradicional Feira Italiana terá como palco o Campo do Grêmio da Colônia Rodrigo Silva e  a realização acontece com a importante parceria entre a Casa D´Itália de Barbacena, a União Comunitária de Barbacena – UCB, o Grêmio Recreativo Rodrigo Silva e a Associação dos Moradores do Bairro Roman – AMBRA, contando com o apoio e patrocínio da Prefeitura Municipal de Barbacena e como patrocinador oficial a Regale Corretora de Seguros.