Marcio Cleber
março 28, 2018

Janete Campos fala da Exposição do Mangalarga Marchador em Barbacena

A Exposição Especializada do Cavalo Mangalar Marchador acontece de 11 a 14 de abril, no Parque de Exposições, em Barbacena. Janete Campos, uma das organizadoras do evento, destaca a importância da Exposição para o fomento da raça.

entrevista Janete 2

 

Aproxima-se mais uma Exposição Especializada do Cavalo Mangalarga Marchador de Barbacena. Quais são as expectativas para mais uma edição deste grande vento?

Nossas expectativas são bastante significantes com relação ao número de participantes, tanto de expositores quanto de animais. A cada ano vem aumentando o número o que deixa todos nós organizadores muito satisfeitos, porque demonstra que o trabalho está sendo realizado de forma contundente bem feita na nossa região. Temos vários novos adeptos e pessoas criando o mangalarga marchador e, participando, principalmente, em Barbacena, das provas esportivas. E o público em geral também tem aumentado muito. O morador de Barbacena e região já estão conhecendo o evento que se tornou tradicional e cada ano temos um número de pessoas dentro do parque, além do número de animais.

Qual a importância dessa Exposição para Barbacena, em especial para o fomento econômico?

O agronegócio, todos sabem que tem movimentado muito a economia no Brasil. Às vezes é pouco valorizado, apresentado pouco pela mídia. E um dado importante que às vezes as pessoas não sabem é que o agronegócio emprega mais do que a indústria automobilística. É um setor que precisa ser mais valorizado e em Barbacena, não é diferente. Com este evento temos uma movimentação tanto de pessoas quanto de animais da região, o que isso gera renda para a cidade. Os hotéis acabam ficando cheios no período da Exposição, o que é muito bom para a cidade. Sem contar na visualização conseguimos alcançar levando Barbacena para todo o Brasil. O mangalarga marchador tem um programa de TV que funciona todos os domingos às 7h da noite e na maioria dos eventos que são realizados em Barbacena eles vêm fazer a cobertura do evento. Normalmente quando vou a outros Estados para alguma Exposição, e me conhecem justamente por causa desta visibilidade e sabem que sou de Barbacena.

Com relação à programação da Exposição deste ano.

Nossa programação é muito voltada para o cavalo e o show é o cavalo. Não fazemos shows populares com músicas, apesar de achar que isso é importante e valoriza. Como disse, em nossa Exposição a atração principal é o cavalo. No dia 12, temos julgamento, de marcha e morfologia na pista de grama; à noite, estamos pensando em fazer mais uma palestra mostrando a evolução do mangalarga marchador uma vez que no ano passado tivemos um grande número de participantes. Na sexta, dia 13, continua o julgamento de marcha e morfologia; e à noite temos a tradicional confraternização com os participantes. No sábado, 14, os grandes campeonatos da raça e as eletrizantes provas esportivas do mangalarga marchador que esta ganhando uma visibilidade nacional e com um crescimento muito grande, principalmente em Barbacena. Hoje, em Barbacena, temos cerca de 20 participantes nessas provas. É uma satisfação muito grande falar sobre isso, porque há seis anos quase ninguém em Barbacena conhecia a raça e não sabiam que o mangalarga marchador tinha várias aptidões como essa que é o esporte.

Idinando Borges
março 25, 2018

Bonifácio pode se aposentar, mas família Andrada tentará permanecer no poder

Do Jornal O Tempo –  (Lucas Ragazzi)

Deputado_Federal_Bonifácio_Andrada

Há quase dois séculos atuando na política brasileira, a família Andrada pode ter uma nova disposição no poder após as eleições deste ano. Desde 1954 exercendo cargos parlamentares, o atual patriarca do grupo, o deputado federal Bonifácio Andrada (PSDB-MG) (foto), provavelmente não aparecerá nas urnas disputando algum cargo.
 
Aos 87 anos, o tucano se colocou à disposição do partido para ser candidato ao Senado, mas pontuou que, caso não houvesse interesse do PSDB, penduraria a gravata e se aposentaria da vida política de vez. Apesar de a legenda ainda não ter anunciado nomes que vão compor a chapa à Casa superior, movimentações internas vão em sentido contrário ao apoio do parlamentar.
 
Bonifácio é o deputado mais velho da atual legislatura e está no partido desde 1997. É advogado e está em seu décimo mandato como deputado federal. Além dele, o PSDB já recebeu a pré-candidatura do presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, vereador Henrique Braga (PSDB), como interessado em concorrer ao Senado. A grande dúvida na legenda é se o senador Aécio Neves tentará uma reeleição ao cargo. Membros do partido têm afirmado, nos bastidores, que a hipótese mais provável é que o ex-governador busque um mandato como deputado federal. Aécio nega que não vá tentar uma reeleição.
 
Em Minas, a situação dos mandatos da família Andrada também será alterada. O filho mais novo de Bonifácio, deputado estadual Lafayette Andrada (MDB), atual vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), será o substituto do clã na Câmara Federal. Ele cumpre seu terceiro mandato na Casa.
 
Os Andradas, no entanto, também não ficarão desfalcados na ALMG. Aliás, terão um confronto de gerações na disputa por uma vaga na Casa. O ex-presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e ex-prefeito de Barbacena, Toninho Andrada (PSB), é pré-candidato e terá seu sobrinho, Doorgal Andrada (PSD), como concorrente. Aos 24 anos, Doorgal é vereador, em primeiro mandato, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Ele é neto de Bonifácio e filho do desembargador Doorgal Borges de Andrada.
 
Os tios de Doorgal possuem vasta base eleitoral e know-how para vencer. Interlocutores apontam que a eleição de ambos já é algo garantido.
 
Os Andradas estão entre os que dão as cartas desde sempre. Nos últimos 194 anos, produziu 15 deputados e senadores, quatro presidentes da Câmara, oito ministros de Estado e dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), além de governadores, prefeitos e vereadores. Ao todo, foram mais de 20 políticos e ocupantes de altos cargos públicos.
 
Outro Andrada de destaque – cuidado para não perder as contas – é José Bonifácio Borges de Andrada, vice-procurador geral da República. Ele é filho do deputado Bonifácio Andrada. 
Idinando Borges
março 25, 2018

Construtora lança o magnífico edifício Globo Garden

CI 7212 MAR18-Globo garden_anúncio

No amplo espaço de 800 m2 destinado às lojas do imponente edifício Globo Garden, ganhou montagem “ousada” de salão de festas para receber convidados para o lançamento da grandiosa obra da Construtora Independência. O idealizador do empreendimento senhor Irani Sales de Almeida, sua esposa Maria do Carmo Ribeiro de Almeida com os filhos: José Ribeiro de Almeida, Paulo Ribeiro de Almeida, Maria Lúcia Ribeiro de Almeida Rodrigues, Maria Inês Ribeiro de Almeida Gomes, Maria Noemi Ribeiro de Almeida Sad, Maria Cecília Ribeiro de Almeida Fonseca, acompanhados de seus cônjuges e filhos- estavam radiantes com o momento.

b (118)

O idealizador do empreendimento senhor Irani Sales de Almeida, sua esposa Maria do Carmo Ribeiro de Almeida com os filhos, diretores da Construtora Residência: Paulo Ribeiro de Almeida, Maria Lúcia Ribeiro de Almeida Rodrigues, Maria Noemi Ribeiro de Almeida Sad, José Ribeiro de Almeida, Maria Cecília Ribeiro de Almeida Fonseca, Maria Inês Ribeiro de Almeida Gomes.

O empresário Irani, em tom sentimental, falou do sonho de ter acompanhado passo a passo a obra desde 2013 e essas etapas foram mostradas num vídeo especial que todos os convidados tiveram oportunidade de assistir. O  Senhor Irani Finalizou suas palavras com a emblemática frase: “Vamos em frente que atrás vem gente!” Por acreditarem na cidade, em um futuro melhor, o casal e seus filhos dedicaram e fizeram da construtora uma referência, pois a edificação é dotada das melhores e mais modernas técnicas no ramo da construção civil. José Ribeiro de Almeida fez uma explanação do empreendimento, mencionou parceiros, em especial a LODI MOTTA, o engenheiro Josemar Barros de Oliveira e agradeceu a presença de todos.

Durante o coquetel com assinatura da Dumont Buffet, foi organizada visitação ao apartamento modelo, montado e pronto para morar com a eficiente equipe da Glória Eventos, responsável pelo lançamento e que nas visitas guiadas contou com o auxílio de Leandro Faria.  O prefeito Luís Álvaro, muitos representantes do poder legislativo, do judiciário, da polícia militar e empresários compareceram ao evento, numa noite sem chuvas e a Praça Conde de Prados – (Globo) toda iluminada numa ação da Construtora Independência que patrocinou toda a reforma da iluminação da Praça. O Globo Garden foi idealizado com uma planta incomparável com apartamentos de três quartos, sala para dois ou três ambientes com varanda, suíte máster com closet e varanda. Os apartamentos são de 189,72 m2 a 607,60 m2 com duas unidades por andar, opção de cobertura e área privativa e ainda três ou quatro vagas de garagem. Uma vista privilegiada desde o primeiro andar, e todas as vantagens de um condomínio moderno, desde a guarita dos porteiros com vidros blindados à elevadores inteligentes.

Serviço: agendamento para visitas pelo telefone: 3540.1512CI 7212 MAR18-Globo garden_anúncioa

Marcio Cleber
março 23, 2018

BARBACENA INTEGRA CHAPA PELA RENOVAÇÃO DO SISTEMA FECOMÉRCIO

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais -Fecomércio-MG, entidade de representação e defesa do comércio no Estado, terá uma disputa acirrada nas próximas eleições. Pela primeira vez em quase 80 anos de história, haverá uma chapa de oposição para a presidência da entidade: a Renova. O lançamento ocorreu nesta quinta-feira, 22, no Automóvel Clube de Belo Horizonte e contou com a presença de vários empresários do setor de todo o Estado. A votação está marcada para 16 de maio e o Sindicato do Comércio de Barbacena é um dos apoiadores do movimento.

Chapa Lançamento 2 - EH-div

A chapa Renova nasceu da união de comerciantes de todas as regiões do Estado em torno de um projeto de mudança não só das pessoas, mas também do modelo de gestão da Fecomércio MG.

A insatisfação com a atual gestão surge inicialmente pelo descumprimento de compromissos de campanha da eleição de 2010, entre eles o da limitação de mandatos a apenas uma reeleição.  De lá para cá, diante dos muitos problemas gerados pelos erros de gestão, o sentimento de mudança foi ganhando corpo entre empresários e seus sindicatos de todo o Estado, resultando, agora, na chapa Renova, um grupo coeso de mais de 70 integrantes, unidos em prol da renovação e do resgate do Sistema Fecomércio Minas, SESC e SENAC, para cumprir seu papel de defesa da categoria econômica e do desenvolvimento econômico e social.

Osvaldo Fernandes, presidente do Sindicato do Comércio de Barbacena, acredita que a chapa vem para reformular totalmente o sistema Fecomércio.

“A Renova representa a quebra dos paradigmas do Sindicalismo Patronal em Minas Gerais e uma proposta inovadora de como gerir o Sistema Fecomércio de maneira mais eficiente e produtiva, oferecendo aos Sindicatos do Interior e Capital a oportunidade de representar o comércio mineiro de uma forma mais democrática, transparente e participativa”, considera.

Encabeçam a chapa os empresários Nadim Donato, presidente do Sindilojas-BH, e Emerson Beloti, presidente do Sindicomércio de Juiz de Fora, tradicionais varejistas mineiros com vários anos dedicados ao setor. “A chapa Renova traduz o momento em que o país está vivendo, de necessidade de mudanças e de renovação. Ela foi construída com o passar dos anos, em que fomos vendo as coisas acontecerem de forma errada na Fecomércio. A ideia da chapa Renova é reformular a federação e fazer com que ela desenvolva todos os sindicatos, principalmente os do interior, para que eles se tornem cada vez mais fortes, alavancando o setor”, diz Donato, candidato à presidência da Fecomércio.

A chapa Renova tem como principal proposta o fortalecimento do Sistema Fecomércio em Minas,  com a racionalização do uso dos seus recursos, inclusive dos seus braços sociais, o SESC e o SENAC, com a ampliação da presença institucional e do apoio à categoria econômica em todo o Estado mineiro. O grupo visa, também, o fortalecimento dos sindicatos patronais do comércio de bens, serviços e turismo, a fim de que a entidade seja mais respeitada e verdadeiramente ouvida, com base em argumentações técnicas competentes, com atuação transparente e participativa.

Os empresários do grupo entendem que sindicatos fortes constituem caminho para uma Federação também forte, capaz de influenciar políticas públicas que fomentem o comércio em cada região.

“Os sindicatos patronais terão mais voz na atuação e distribuição de demandas em relação aos serviços do SESC e SENAC, e poderão influir mais efetivamente nos projetos da Fecomércio MG, trazendo também mais visibilidade para os sindicatos em todas as regiões do Estado de Minas”, estima Fernandes.

Idinando Borges
março 21, 2018

Tradição em São João del Rei – Da Gazeta de São João del-Rei

Semana Santa de São João é tema de projeto

 

Junior-Viegas-exposição

Reedição do livro Piedosas e Solenes Tradições de Nossa Terra, só que em uma caixa box de quatro volumes, oficina, exposição de fotografias e lançamento de um livro com fotos que retratam um olhar diferenciado da Semana Santa. Assim é o projeto Quaresma e Semana Santa em São João del-Rei, que o Museu de Arte Sacra está desenvolvendo desde 2013 e aconteceu seu lançamento na noite do dia 8, no Centro Cultural da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).

De acordo com uma das coordenadoras do projeto, Olívia Lombardi, as celebrações da Semana Santa em São João del-Rei são um patrimônio da cidade e a iniciativa visa preservar essa memória. “O livro Piedosas e Solenes estava com a segunda edição esgotada há uns seis anos e as pessoas pediam muito para comprar. Fizemos uma revisão litúrgica do canto gregoriano e do latim e imprimimos ele em quatro volumes e em um formato menor e mais leve”, explica Olívia. O livro estará disponível no Museu de Arte Sacra e na Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, a um custo de R$80.

Lançamento
Aconteceu também o lançamento da obra Passio Domini. Um livro de fotos com um trabalho mais conceitual com imagens de fotógrafos locais. Além de Olívia Lombardi, Adrianna Neves e Júnior Viegas. “Durante quatro anos acompanhamos as cerimônias da Quaresma e Semana Santa de São João del-Rei. Esse livro de arte não tem fotos que todos estão acostumados a ver”, afirma Olívia. O material também estará disponível a partir da sexta-feira com um custo de R$90.

Exposição e oficina
Os três artistas, que também coordenam o projeto, ainda farão uma exposição fotográfica no Centro Cultural. Olívia Lombardi lembra ainda que no local terá instalação de vídeo e acontecerão oficinas para as crianças aprenderem a fazer asas de anjo. As oficinas serão realizadas aos finais de semana e, na Semana Santa, acontecerá de quinta a domingo.

Site
Ainda compondo o projeto Quaresma e Semana Santa em São João del-Rei foi criado um site próprio da Semana Santa denominado www.semanasantasjdr.com.br . “Nosso objetivo com esse endereço eletrônico é fazer com que todos tenham acesso a essa tradição da nossa cidade e possam conhecer um pouco das cerimonias da Semana Santa. No endereço eletrônico ainda iremos disponibilizar um banco de imagens e também o download gratuito da obra Piedosas e Solenes Tradições de Nossa Terra”, destaca Olívia.

Os parceiros
O projeto, realizado pelo Museu de Arte Sacra, conta com o patrocínio do SESI, por iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI). “Não podemos esquecer também de destacar que para a concretização dessa iniciativa houve uma mobilização grande de todos, paróquias, museus e a gente que está na coordenação. Ver o resultado final de tudo isso é muito gratificante”, finaliza Olívia.

Marcio Cleber
março 21, 2018

Cardeal Dom Raymundo Damasceno comemora 50 anos de ordenação sacerdotal

Um grande número de fiéis, vários padres, o arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, e o bispo emérito de Oliveira, Dom Francisco Barroso, participaram na manhã da última segunda-feira, 19, na matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Conselheiro Lafaiete, da celebração festiva de comemoração dos 50 anos da ordenação sacerdotal do cardeal e arcebispo emérito de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis.

dom raimundo 2

Na homilia, Dom Geraldo saudou Dom Raymundo e recordou dos tempos em que viveram juntos, em Roma, no Pontifício Colégio Pio Brasileiro. “Como irmãos no presbiterado e no episcopado, pudemos viver e compartilhar muitos momentos da vida da Igreja. Sempre apreciei seu testemunho de serviço, sua sincera amizade, seu jeito simples e fraterno, sua facilidade no relacionamento com todos, seu amor e dedicação à Igreja. Deus o conserve! O Senhor o revestiu com a riqueza de seus dons. Olhando para trás, depois de percorrida tão longa caminhada, nesses 50 anos de vida sacerdotal, o querido irmão pode repetir com o Apóstolo Paulo: “Combati o bom combate”! (2Tim 4,7). Com alegria, eleva-se sua ação de graças a Deus que o sustenta na fidelidade ao exercício do ministério que lhe foi confiado”, disse o arcebispo.

50 anos a serviço da Igreja

Quarto filho de uma família de 10 irmãos, Dom Raymundo Damasceno Assis nasceu em 15 de fevereiro de 1937, na cidade de Capela Nova.Em 19 de março de 1968, foi ordenado sacerdote na matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Lafaiete. Em 86, foi ordenado bispo. Em 1995, foi eleito secretário-geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), cargo que exerceu por dois mandatos até 2003. Em novembro de 2003, Dom Damasceno foi eleito membro da Academia Brasiliense de Letras. Depois de 44 anos servindo na Arquidiocese de Brasília, Dom Damasceno foi nomeado, em 2004, o quarto Arcebispo da Arquidiocese de Aparecida. Quando já estava em Aparecida, Dom Damasceno foi eleito Presidente do Celam para o quadriênio 2007-2011, na 31ª Assembleia Geral na Cidade de Havana, Cuba, em julho de 2007. Em 2017, o Papa Francisco aceitou o seu pedido de renúncia do cargo de arcebispo de Aparecida.

Dom Damasceno foi nomeado pelo Papa João Paulo II, Padre Sinodal na Assembleia Especial para a África (1994), e Padre Sinodal, eleito pela Assembleia da CNBB e confirmado por João Paulo II, na Assembléia Especial para a América (1997). Em 2008, foi nomeado pelo Papa Bento XVI para a XII Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos – Sínodo da Palavra. Já em 2009, Sua Santidade o nomeou Padre Sinodal para a II Assembleia Especial para a África e para a Assembleia Especial para o Oriente Médio, em 2010. O Cardeal Arcebispo é também membro do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais e da Pontifícia Comissão para a América Latina. Em 2010, Dom Damasceno foi criado Cardeal pelo Santo Padre Bento XVI, no consistório realizado no dia 20 de novembro, em Roma. E em abril de 2011, Dom Damasceno foi eleito presidente da CNBB durante a 49ª Assembleia Geral, realizada em Aparecida, para o mandato de 2011-2015.

 

Idinando Borges
março 20, 2018

Cumplicidade – Por Henrique Martins

vergonha

O brasileiro não é vítima da criminalidade.

O Brasil é o país onde um criminoso condenado em duas instâncias pela Justiça a 12 anos de cadeia lidera a corrida presidencial com 35% das intenções de votos.

O Rio de Janeiro é o estado onde crianças foram baleadas dentro do útero da mãe, onde crianças foram baleadas na sala de casa, assistindo TV, onde 688 tiroteios foram registrados em um único mês e, após decretada Intervenção Federal, surgiram milhares de especialistas em segurança pública dizendo que a medida é dura demais, é extrema, é ineficaz, etc.
Todos esses especialistas hibernavam quando esses horrores aconteciam.
O Brasil é o país onde a Ordem dos Advogados, a Defensoria Pública e os Direitos Humanos se preocupam mais em libertar mães presidiárias do que prestar auxílio às mães das vítimas daqueles que estão nas prisões.

O Brasil é o país onde a morte de um pivete gera mais mídia e repercussão do que a morte de 134 policiais em um único ano no Estado do Rio de Janeiro. Aliás, alguém consegue lembrar o nome de um único PM morto?

O Brasil é o país onde 2.000 pessoas saquearam uma carreta carregada com carne que tombou em uma rodovia, antes mesmo que o motorista gravemente ferido fosse socorrido.

O Brasil é o país onde a população acha normal comprar um Iphone por 100 reais, usado e fora da caixa, em barracas de ambulantes, mesmo sabendo que aquele produto só pode ter sido fruto de roubo.

O Brasil é o país onde artistas e cantores fazem passeatas e cara de choro pedindo paz nas favelas, mas por trás das câmeras se fartam do pó fornecido pelo traficante que aterroriza a favela.

O Brasil é o país onde escolas de samba financiadas pelo dinheiro do tráfico, do crime organizado e das milícias, fazem desfiles dando lição de moral contra a corrupção, e os imbecis aplaudem só porque uma delas fantasiou o presidente vestido como vampiro corrupto.

O Brasil é o país onde apenas 8% dos homicídios são solucionados e 92% ficam impunes, mas a grande pauta do Supremo Tribunal Federal é impedir a prisão de condenados em segunda instância, porque, afinal, somos um país onde se pune muito os bandidos. Nada a ver com a tentativa de livrar um ex-presidente da cadeia, imaginem…

O Brasil é o país onde toda semana a mídia martela na sua cabeça que a Polícia é malvada, que as cadeias são muito lotadas, que a Justiça prende demais, que cadeia não é solução, ao mesmo tempo que desempregados são assaltados de madrugada em filas para distribuição de cestas básicas e o crime organizado possui armas de guerra que nem o exército utiliza.
O brasileiro não é vítima da criminalidade, o brasileiro é, também, CÚMPLICE

Idinando Borges
março 16, 2018

Marielle, que falta você nos faz Por Hildegard Angel

Marielle, que falta você nos faz

Jornal do Brasil

Uma aluna que combateu a política das UPPs como única solução para a desigualdade, esta foi a Marielle Franco da Silva em sua passagem pela UFRJ, no curso de Especialização e MBE em Responsabilidade Social. Seus professores, ouvidos pela coluna, destacaram a dedicação e o esforço, nas aulas, de Marielle, que nunca aceitou a política de violência conduzida pelo Estado nas favelas. Ao fim do curso, em 2011, defendeu sua tese sobre “Participação, mobilização e controle social na Maré, entre os anos de 1999 e 2009”. O estudo faz o levantamento dos dados sobre os efeitos da ausência do Estado e as inúmeras incursões policiais na comunidade onde ela nasceu e viveu a maior parte da vida. Em 2014, a convite de professores da Universidade Federal Fluminense, Marielle participou de uma aula na Oficina de Políticas Públicas, um projeto de extensão da UFF, em Macaé. E foi aplaudida de pé por um auditório lotado, quando atacou a política de segurança pública do então governador Sérgio Cabral. Articulada e com uma oratória impecável, a quinta mais votada vereadora de 2016 trazia a vocação política na alma. Marielle levou para as audiências  no plenário da Câmara seu conhecimento de sala de aula e seu ímpeto de mulher idealista. Este seu perfil combativo a levou a ser nomeada relatora da comissão de vereadores que acompanha o trabalho de militares na intervenção federal no Rio de Janeiro. Sua morte agora é História da cidade. Marielle, presente! images_cms-image-000583410

Marcio Cleber
março 13, 2018

Arquidiocese lança livro sobre a vida de Dom Luciano

O livro “Dom Luciano, servo de Deus, irmão dos pobres” foi lançado na quarta-feira (7) no Encontro dos Presbíteros e Diáconos da arquidiocese, no Retiro das Rosas, em Cachoeira do Campo. A obra foi confeccionada e será vendida pela Editora Dom Viçoso.

Escrito pelo padre Francesco Sorrentino, o livro tem como objetivo proporcionar uma síntese das etapas significativas do percusso histórico da vida de Dom Luciano. “No livro é apresentado, primeiramente, o convívio familiar. Sucessivamente passamos a relatar a entrada na Companhia de Jesus, que Dom Luciano considerava uma segunda família. Abordamos também a etapa presbiteral e encerramos falando de Mariana”, conta.

Padre Francesco começou a estudar a vida e os escritos de Dom Luciano em 2011 e dedicou sua pesquisa de mestrado na Faculdade Jesuíta de Teologia e Filosofia (Faje), em Belo Horizonte, a vida do Servo de Deus. Segundo ele, o interesse por Dom Luciano nasceu de um desafio que ele criou. “Como missionário que saiu da sua terra para anunciar o evangelho além fronteiras, eu devia descobrir os sinais do Espírito Santo já presentes nesta terra, onde a providência divina me enviou. Eu encontrei esses sinais do Espírito em Dom Luciano Mendes de Almeida, cuja a forma de santidade conheci desde os primeiros dias que pisei em solo brasileiro. Logo que cheguei, no primeiro dia, eu ouvi falar de Dom Luciano”, ressalta o presbítero.

Para o arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, este livro é uma das formas de preservar a memória de Dom Luciano. “Temos uma grande responsabilidade, que é preservar e transmitir aos outros a herança espiritual deixada por Dom Luciano. As marcas que ele deixa na Igreja particular de Mariana não podem se apagar pelo esquecimento que o tempo se encarrega de fazer. É preciso preservar a memória”, destaca o arcebispo.

O livro será vendido pela Editora Dom Viçoso. Cada exemplar terá o preço de R$10,00 e todo o valor arrecado será destinado para o processo de beatificação de Dom Luciano. “A Editora entrou como uma parceira no processo de confecção e também da venda dos livros. Não teremos lucro com os livros, pois a Editora entende o importante papel desta obra no processo de beatificação de Dom Luciano”, afirma o diretor da Editora, padre Darci Leão.

 

Idinando Borges
março 10, 2018

É Páscoa no Atelier du Chocolat

12717812_178521175853316_540145826681386180_n

Quem nunca se perguntou sobre o porquê de, na Páscoa, em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo, para os cristãos, e a libertação do povo hebreu do Egito, para os judeus, as pessoas decorarem a casa com coelhos e trocarem ovos de chocolate. São muitas as explicações, mas, o mais importante que chocolate é uma delícia!

E, com criatividade o  Grace Kelly do Atelier du Chocolat  está com uma mesa de degustação, promoção de fotos nos totens de coelhos para menina e menino e os sabores indescritíveis.  Faça sua encomenda, levem os netos e filhos para participarem da promoção.

A Promoção
Publique nas redes sociais uma foto com os COELHOS ATELIER DU CHOCOLAT e as fotos mais curtidas até o dia 31 de março receberá um KIT PÁSCOA.
Haverá 1º,2ºe 3º lugares.
PREMIAÇÕES:
1 OVO RECHEADO
1 OVO DE 1KG
1 OVO DE COLHER

 

??????????