Marcio Cleber
novembro 30, 2016

Cefec apresenta seu XXIV Espetáculo de Dança

O tradicional espetáculo de dança do Centro Ferroviário de Cultura – Cefec acontecerá neste domingo, dia 4, no Auditório Brigadeiro Eduardo Gomes, da Escola Preparaória de Cadetes do Ar – Epcar. Depois de intenso trabalho iniciado ainda no primeiro semestre deste ano, o grupo apresentará dois temas: um voltado para o público infantil, inspirado no desenho “Alice no país das maravilhas”, com início às 17 horas, e envolverá cerca de 150 bailarinos.

Giselle 03 - Trio Alice 03

 

O outro espetáculo será às 19h, será apresentado o repertório Giselle, uma das mais importantes obras do ballet clássico romântico. Os ingressos já estão sendo trocados por 1 kg de alimento não perecível (exceto sal e fubá), com as professoras no Cefec, até esta sexta-feira, 2. Não haverá venda ou troca de ingressos no local das apresentações.

A direção artística dos espetáculos fica a cargo das competentes professoras Lydiane Winter, Rhaíssa Lisboa e Valéria Nascimento. O público pode aguardar muitas novidades para o próximo ano. O Cefec já está se preparando para as comemorações de seu Jubileu de Prata, desenvolvendo vasta programação que terá início, com um curso de férias. Maiores informações, na secretaria do local.

 

Marcio Cleber
novembro 30, 2016

Serviço de follow up reduz para zero índice de reinternação de bebês prematuros na Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena é uma entidade que conquistou em 2002 o título de ‘Hospital Amigo da Criança’. Com o objetivo de oferecer constantemente um atendimento de total qualidade a esses pequenos, a entidade está sempre inovando e criando novas alternativas. Um serviço que vem fazendo grande diferença no desenvolvimento dos bebês prematuros é o follow up  que é o atendimento específico ao prematuro após a alta hospitalar da UTI Neo Natal. Uma conquista que veio com a criação do Ambulatório de Pediatria Geral anexo à Santa Casa, fruto de uma parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais -Sesaps.

PB230010

Foto: Assessoria Comunicação SCMB

Drª Lucrécia, pediatra, é a responsável pelo atendimento a este bebê prematuro no Ambulatório de Pediatria Geral

“A implantação deste atendimento foi muito importante porque hoje as mães já saem do hospital com agendamento do seu filho para a nossa unidade, no caso o Ambulatório de Pediatria Geral. “O prematuro tem o acompanhamento com o pediatra, que é comigo, com fonoaudióloga, com nutricionista e psicóloga”, pontuou a pediatra Drª. Lucrécia, responsável pelo atendimento desses bebês no Ambulatório. Destacou ainda que desde a criação do Ambulatório de Pediatria, no início de junho deste ano, “até o momento tivemos o índice de reinternação zero devido a este acompanhamento e orientação às mães. Se necessário fazemos as visitas domiciliares porque é importante a atenção a este prematuro até a idade de 3 anos”.

“Graças a Deus nenhum dos bebês que passaram a usufruir do follow up  foi necessária a sua reinternação. Este é o ganho em nosso atendimento porque é isso que priorizamos, que o prematuro sai de alta, seja acompanhado e tenha um crescimento totalmente sadio”, exclamou Drª. Lucrécia não escondendo a satisfação dos resultados positivos alcançados nestes últimos cinco meses.

O comprometimento dos pais em trazer o seu filho tem sido também o grande destaque, o que tem contribuído para o bem-estar do seu bebê. “Quando o bebê prematuro recebe alta da UTI Neo Natal já sai com uma consulta agendada para o Ambulatório de Pediatria, para esse acompanhamento. Os retornos vão sendo agendados previamente de acordo com o seu desenvolvimento. Dependendo do caso, o atendimento que é inter e multidisciplinar acontece toda semana. Nossa finalidade é total assistência para um desenvolvimento tranquilo”, explicou Drª Lucrécia.

Na avaliação da pediatra, a criação do Ambulatório de Pediatria Geral, foi um grande avanço no sistema de saúde da rede municipal de Barbacena. “Hoje a população tem um local de referência com atendimento de total qualidade para as crianças em geral”, comentou.

Ambulatório de Pediatria Geral

Em funcionamento desde o início do mês de junho deste ano, o Ambulatório de Pediatria Geral está anexo à Santa Casa, e se transformou em referência na área de pediatria dentro da rede municipal de saúde, uma vez que todo o atendimento pediátrico está concentrado no Ambulatório. Os serviços são exclusivos para a população de Barbacena e pelo Sistema Único de Saúde – SUS.  O Ambulatório funciona das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira, excetos nos dias de feriados. Nele as pessoas encontram pediatra na parte da manhã e da tarde, o que trouxe mais comodidade para as crianças e familiares. Para ter acesso ao atendimento do Ambulatório de Pediatria é necessário que o morador procure a Unidade Básica de Saúde – UBS próxima à sua casa para fazer o agendamento. O atendimento será de casos não urgentes e que foram agendados previamente.

Idinando Borges
novembro 30, 2016

Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves, em Tiradentes

Yves Alves informa:

Fechamos a programação anual de espetáculos em grandíssimo estilo: o coletivo de músicos franceses  Cao Laru, foto abaixo, que encontra-se em turnê mundial e se apresentará no sábado, 03.12, às 19h00, com um repertório de canções do Leste Europeu. Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$10,00 (meia e moradores). Classificação livre.

cao-laru

Na noite de 05.12, às 18h30, as duas turmas de alunos do curso de teatro infanto-juvenil existentes na cidade se apresentarão em nosso auditório. Uma das turmas é da Escola de Cultura do SESI e a outra é patrocinada por uma família de moradores As turmas participam do Projeto Arte por Toda a Parte, do Teatro Casa da Pedra. A entrada é gratuita, a classificação é livre e todos serão muito bem-vindos!

Após essa data, cederemos o auditório para formaturas de diversas escolas e entidades do município, retomando a programação gratuita de cinema na segunda quinzena com filmes escolhidos entre alguns exibidos neste ano: Brooklyn (17.12), Ex- Machina (23.12) e Perdido em Marte (30.12), sempre às 19h00. Atenção para a sessão extra de Como Eu Era Antes de Você, em 17.12, sábado, às 16h00.

Na sexta, 16.12, às 18h00, abriremos a exposição Entrecores, com pinturas de Marcos Eduardo de Castro e no sábado, 17.12, no mesmo horário, a artista plástica e arquiteta Ana Bello inaugurará Art´quitetura.

Informamos que não abriremos nos dias 24, 25 e 31.12.2016 e 01.01.2017.

Agradecemos a presença de todos em nossos eventos e a participação na construção de nosso calendário de atividades.

Desejamo-lhes um ótimo final de ano e esperamos contar com a presença de V. Sas. no Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves em 2017!

Agenda dezembro SESI

Idinando Borges
novembro 30, 2016

Exposição homenageia artista plástico romeno que se encantou pelo Brasil – |Uai

Ocupando duas galerias do Palácio das Artes, ‘Marcier 100′ revela talento de Emeric Racz Marcier para obra singular entre o humano e o místico

20161127113136467454e

Depois de fugir dos nazistas, Marcier desembarcou no país e viajou por Minas, onde ficou fascinado pelo barroco, que registrou nas telas Ouro Preto, de 1966 (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

O romeno Emeric Racz Marcier (Cluj, 1916 – Paris, 1990) foi um pintor que, fugindo da ascensão dos nazistas (era judeu, o nome Marcier é pseudônimo), passou pela Itália e Paris até chegar a Portugal, onde amigos artistas sugeriram que viesse para o Brasil.

Em 1940, ele chegou ao país e, em 1942, veio a Minas Gerais fazer reportagem sobre o barroco para a revista O Cruzeiro, ilustrada com desenhos. Impactado com a potência da arte antiga mineira, passou a viver e trabalhar entre o Rio de Janeiro e Barbacena (MG), onde instalou residência e ateliê. Entre 1947 e 1950, começou a trabalhar em obras murais baseadas nessa tradição italiana dos séculos 13 e 14. Por quatro décadas, deu vazão a pinturas singulares no contexto da arte brasileira por somar tragicidade e misticismo.

  A exposição Marcier 100 – Emeric Marcier, em cartaz no Palácio das Artes, tem curadoria de Edson Brandão. Reúne 66 pinturas – a mais antiga delas, de 1941, e a mais recente, uma tela inacabada de 1990, ano da morte do artista.

Os trabalhos se dividem em duas grandes seções: Coeli (céu, em latim), na Galeria Genesco Murta, abriga a produção sacra de Marcier, inclusive duas paixões de Cristo completas; Terrae (terra, em latim), na Galeria Arlinda Corrêa Lima, traz paisagens das cidades históricas de Minas, figuras humanas, retratos, autorretratos e nus.
 

Sagrado

“São os dois mundos em que Marcier transitou: a ambiência humana e o sagrado”, explica o curador. Nos dois casos, está em cena a mesma proposição: uma pintura de tons terrosos contraposta ao interesse em valorizar a cor.

Edson Brandão explica que Coeli tem como atrações obras raras e pouco conhecidas. Nesses quadros, o artista se vale da linguagem religiosa para fazer críticas a ditaduras, em especial no Brasil, mas também na Europa. Um exemplo é São Sebastião do Rio de Janeiro. No corpo, em vez de flechas, ele tem fios elétricos. Outro é a Pietá atacada por abutres. E há ainda a imagem de um homem garroteado. “Marcier foi, acima de tudo, antifascista. Em sua autobiografia, ele diz que farejava um fascista de longe”, conta o curador. “Marcier não foi artista alheio a seu tempo. Para um homem que conheceu a perseguição devido à etnia, ao sobrenome e saiu da Europa por isso, incomodou ver a ditadura militar brasileira”, analisa Brandão.

Retratos No setor Terrae estão pinturas que revelam uma obsessão: os autorretratos, realizados da juventude à velhice, além de um retrato da esposa e de quatro (dos sete) filhos. Uma curiosidade é a imagem de um armazém, em Santa Teresa (RJ), localizado no prédio da família do escritor mineiro Lúcio Cardoso, um dos integrantes do grupo de intelectuais católicos (como os poetas Murilo Mendes e Jorge de Lima) que incutiu no pintor a visão de mundo mais voltada para a religiosidade.

Na mesma sala estão paisagens, que fizeram a fama de Marcier. “Ele integra o grupo de artistas que consagram a paisagem mineira”, explica o curador.

15171266_1534152036600898_3127124869384553871_n

A neta do pintor, Ana Cristina e o curador da mostra, Edson Brandão

Para Edson Brandão, a expressividade dos personagens, o tom dramático das imagens e a ótima composição conferem força à pintura de Marcier. A exposição exibe também Pietá, tela de 1952, considerada pelo curador uma “obra de transição”, por mostrar o artista encontrando o seu vocabulário pictórico.

A exposição foi concebida pelo Palácio das Artes como homenagem aos 100 anos de nascimento de Marcier. Traz peças de coleções públicas e privadas, resultado de três meses de pesquisa. Para Brandão, o bom estado das obras se deve à cultura técnica muito apurada do romeno. “Mesmo sendo um artista extremamente particular e difícil de catalogar, Marcier é um pintor muito significativo do século 20 brasileiro”, enfatiza.

Azul

Edson Brandão conta que, certa vez, Marcier disse que “em Minas, até o azul do céu tem algo trágico”, acrescentando que a biografia do artista leva o nome de Deportado para a vida (2004). Para ele, a afirmação do artista revela a perplexidade de um homem europeu que, depois de vir ao Brasil com ideia de se mudar para os trópicos, descobre a arte e um lugar com história e atmosfera extremamente dramáticas que o deixam perplexo.

“O que vemos nas pinturas de Marcier são os muitos sentimentos e estados de espírito diante do mundo à sua volta”, observa. Nas telas, a visão emotiva convive com a organização formal cuidadosa dos elementos.

Edson Brandão é subsecretário de Cultura de Barbacena e um dos responsáveis pela transformação, em 2004, da residência do pintor em Museu Casa Emeric Marcier. “Salvar da destruição um imóvel com afrescos significou um momento de reconhecimento da obra de Marcier. Porém, a casa ainda não cumpriu o papel de ser o centro de referência da obra dele, incentivando estudos e catalogação da obra para que ela não caia no esquecimento”, conclui.

 

MURAIS

Emeric Marcier executou murais com temas religiosos em Barbacena, na Capela Cristo Rei de Mauá (São Paulo) e no antigo Convento dos Dominicanos (hoje Escola da Serra), em Belo Horizonte, onde pintou Encontro em Emaús, afresco restaurado em 2009. A partir de 1971, sua morada passou a ser definitivamente o Rio de Janeiro. Judeu, converteu-se ao catolicismo após ter uma visão na Praia de Icaraí, em Niterói. No entanto, há quem diga que a conversão ocorreu após conhecer a arte barroca de Minas.O artista se casou com Júlia Weber Vieira da Rosa, tradutora e enfermeira da Cruz Vermelha, com quem teve sete filhos. Entre eles, Jorge Tobias Marcier (1948-1982), pintor como o pai. Morreu de infarto, em Paris, e foi sepultado em Barbacena.

 

Idinando Borges
novembro 28, 2016

PREFEITO ANDRADA É HOMENAGEADO POR AMIGOS

TONINHO ANDRADA - COQUETEL 2411 025

Paula Andrada, Zeca , Reynaldo Freitas Oliveira e o prefeito Andrada.

Foi no belo espaço de festa, Spazio Franato’s na noite do dia 24, coquetel e jantar por adesão, organizado por amigos do prefeito. Empresários, médicos, políticos, auxiliares e a família prestigiaram o evento. Em meio a essa crise de valores da política brasileira, a família ANDRADA continua como referência em Barbacena e em Minas Gerais.

Com competência e estrema dedicação, o prefeito TONINHO ANDRADA conduziu os destinos da cidade, com a fiel participação do seu vice, professor Mário Raimundo e uma equipe de trabalho, tendo como pilar o seu secretário de Fazenda, José Francisco Milagres e na linha de inovação, trabalho e ousadia, o diretor do SAS, Luis Álvaro Campos, eleito prefeito. Os números não mentem, são fatos!

TONINHO ANDRADA - COQUETEL 2411 042

O deputado Bonifácio Andrada com Luis Álvaro e Margarida Campos

TONINHO ANDRADA - COQUETEL 2411 037

Ailton Ramos Vidal e Ângela Kilson

 

 

 

 

 

 

 

Muito festejado, o deputado BONIFÁCIO ANDRADA, o líder e condutor da família, vivenciando um grande momento da sua vida: os festejos de sua grande obra, a Faculdade de Medicina –  45 anos! Um pequeno registro para MANINA ANDRADA. Merece um “obrigado” pela sua dedicação à família e sua sempre lúcida percepção nos bastidores. Os jovens ANDRADAS, capitaneados pelo vereador eleito na capital, Doorgal Gustavo Andrada com 23 anos.

O serviço ficou a cargo do Aguçar Buffet, do Giovani Costa. Festejado e aplaudido. Parabéns aos organizadores!

Idinando Borges
novembro 25, 2016

Mamma Mia! BH recebe Circuito Gastronômico Italiano

cidade_jardim_foto_prefeitura_de_bhF

Festival de comida Italiana acontece até fevereiro, em 20 restaurantes da capital BH – 25/11/16 as 09:53 – Atualizado em 25/11/16 as 11:22

Belo Horizonte com gostinho de Itália! A partir desta sexta-feira, a capital mineira recebe a sexta edição do Circuito Gastronômico Italiano, que toma conta de alguns dos principais restaurantes da cidade. O festival vai promover os aromas e sabores do país europeu, levando os mineiros a uma verdadeira imersão à culinária italiana.

O circuito segue até 25 de fevereiro e conta com 20 restaurantes participantes, como o Est! Est! Est! e a 68 La Pizzeria. Cada estabelecimento apresenta um prato diferente, explorando toda a variedade que a culinária italiana possui. Ao adquirir um prato oferecido pelo circuito, o cliente recebe gratuitamente outro igual.

A grande novidade desta edição é o formato mais tecnológico. O guia impresso saiu de cena e deu lugar ao aplicativo do Circuito Gastronômico Italiano, disponível para IOS e Android, que deve ser baixado pelo usuário para conhecer todos os restaurantes e pratos participantes. Por meio do app, o cliente gera um cupom digital para utilizar nos estabelecimentos.

Além de aproveitar os sabores, os clientes também poderão conhecer mais sobre a cultura da Itália, em ambientes tipicamente decorados. O Circuito Gastronômico Italiano é promovido pela Associação de Cultura Ítalo-Brasileira do Estado de Minas Gerais.

Para mais informações sobre o Circuito, acesse a página oficial no Facebook.

Serviço
Circuito Gastronômico Italiano
Data: 25 de novembro de 2016 a 25 de fevereiro de 2017
Locais: 20 restaurantes da capital (confira a lista)

Marcio Cleber
novembro 23, 2016

Santa Casa no rol dos grandes hospitais no país na área de neurocirurgia

A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena é um hospital referência em neurocirurgia de alta complexidade para os 51 municípios que integram a Macrorregião Centro Sul. Na última sexta-feira, 18, foi realizado um procedimento neurocirúrgico que colocou o hospital no mesmo patamar de grandes hospitais de referência no estado de Minas Gerais e até mesmo de outros estados. O grande diferencial foi a utilização de aparelhagem de alta tecnologia como o neuronavegador e o aspirador ultrassônico, bem como a utilização do novo microscópio adquirido pela Santa Casa no último mês. A cirurgia foi executada pelo neurocirurgião Dr. José Antônio Milagres e teve como auxiliar o neurocirurgião Dr. Tarcísio Araújo Oliveira.

Santa Casa neurocirurgia 1

 

Legenda: Cirurgia foi da retirada de um tumor no cérebro e utilizou os mais modernos aparelhos

Segundo o Dr. Tarcísio, por grande incentivo da direção geral da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, através do Dr. Jorge Correa, e também através da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais – Sespas, por meio do secretário Dr. José Orleans da Costa, a Santa Casa conseguiu captar recursos junto à Secretaria de Estado de Minas Gerais para a aquisição de novos e modernos aparelhos para a equipe de neurocirurgia, dentre esses destacamos o videoendoscópio Storz e o microscópio cirúrgico Zeiss, em um investimento da ordem de R$ 541 mil.

“Pudemos realizar uma cirurgia não só utilizando esses aparelhos que foram conquistados pela Santa Casa, como também através de parcerias com outras empresas tivemos a oportunidade de utilizar a neuronavegação cerebral e o aspirador ultrassônico na remoção de um tumor cerebral”, pontuou. De acordo com ele, esses dois equipamentos são considerados de ponta para a neurocirurgia na atualidade, pois o neuronavegador permite a localização mais precisa da lesão com isso diminuindo o dano ao paciente durante a programação do acesso cirúrgico e do controle das margens de ressecção das lesões e o aspirador ultrassônico possibilita uma ressecção do tumor mais ampla com o mínimo de lesão no tecido cerebral normal.

Já Dr. José Antônio destaca que são tecnologias disponíveis hoje em dia somente em grandes hospitalares de referências no estado de Minas Gerais e fora do estado e com “essa cirurgia nós colocamos a Santa Casa de Barbacena no mesmo nível desses hospitais”. “Só esses dois aparelhos trouxeram uma grande ampliação da capacidade neurocirúrgica da Santa Casa, diminuindo os danos aos pacientes. Ficamos muito felizes com os resultados obtidos nesta cirurgia e por podermos realizar novos procedimentos com essa tecnologia aqui na Santa Casa”, completou.

Este momento marcou a entrada da equipe de neurocirurgia da Santa Casa de Barbacena no segmento de alta tecnologia em cirurgia, garantindo melhores resultados e colocando à disposição da população um atendimento muito mais seguro para o tratamento dos agravos neurológicos sem a necessidade de se deslocar para outros centros.

 

Idinando Borges
novembro 23, 2016

Após RS e RJ, Minas pode ser próximo estado a quebrar por Felipe Machado*

Segundo especialistas, arrecadação mineira é a mais comprometida com funcionalismo; estado tem avaliações tão ruins quanto Rio e Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade financeira nesta terça-feira, uma ação semelhante à tomada pelo Rio de Janeiro em junho deste ano. Em comum aos dois está o alto nível de gastos em relação às receitas. E eles não são os únicos em desequilíbrio fiscal preocupante: segundo especialistas, a julgar pelos números, Minas Gerais está no mesmo caminho.

O desequilíbrio entre receitas e despesas é comum aos três estados. Essa diferença vinha sendo reduzida no início da década, mas o caminho se inverteu depois disso. No caso de Minas Gerais, a trajetória decrescente durou até 2013.

Naquele ano, a dívida líquida era de 79,1 bilhões de reais e a receita, de 43,1 bilhões de reais. A partir de então, a redução do crescimento da China derrubou o preço das commodities – Minas é o maior produtor de minério de ferro do país, um dos principais produtos exportados pelo Brasil -, o que afetou o ritmo de alta da arrecadação do estado. Já as despesas seguiram em expansão. Em 2015, a dívida passou a 102,6 bilhões de reais, enquanto a receita ficou em 51,6 bilhões de reais, uma evolução prejudicial às contas públicas.

Em outras palavras: no intervalo de apenas dois anos, a dívida líquida cresceu 30% e a receita, 19%. “Se o estado não for o próximo a quebrar, é um dos próximos”, diz Ricardo Couto, professor do Ibmec.

O gasto cresceu por causa de fatores como contratações de funcionários públicos e concessão de benefícios a empresas. Isso dificulta um controle mais ágil das despesas, afirma Couto. “Essas contratações aconteceram em momentos de bonança”, diz. “Mas, depois de criada a despesa, não há como cortar.”

Assim como outros estados problemáticos, Minas, Rio e Rio Grande do Sul têm uma relação entre despesa com pessoal e receita corrente líquida acima da permitida pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 60%. Minas é a mais comprometida, segundo o Tesouro Nacional, com 78%.

A alta de despesas com funcionalismo em um momento de maior arrecadação até pode fazer algum sentido – e é permitida pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O problema, segundo especialistas, está em atrelar uma despesa fixa e difícil de ser cortada, como aposentadoria e salários, a uma receita variável e incerta, como a arrecadação baseada em produção de commodities.

“Essa é a receita para o fracasso. A Lei de Responsabilidade Fiscal permite, mas o governante tem que pensar como um enxadrista, planejando alguns lances à frente”, compara Paulo Vicente, professor de finanças da Fundação Dom Cabral.

Idinando Borges
novembro 23, 2016

O 8º Marchador Fest, aconteceu no dia 19 de novembro de 2016, em Vitória (ES).

O evento, conhecido como o “Oscar” da raça, foi uma realização da Diretoria da ABCCMM em parceria com a Associação dos Criadores do Espírito Santo. A inovação este ano foi na escolha do ambiente para a celebração da festa. Para receber os 1.000 convidados, uma grande estrutura foi montada, no Shopping Vitória.

A cerimônia foi aberta com a execução do Hino Nacional, seguida do discurso do presidente da Associação dos Criadores do Espírito Santo, Eder Mauro Mai. Durante seu pronunciamento, ele agradeceu a confiança depositada na organização do Campeonato Brasileiro de Marcha (CBM). Ele enfatizou o recorde alcançado na história da competição com 479 animais.

Na sequência, um vídeo institucional da Associação foi apresentado com as principais conquistas da raça no ano de 2016. Orgulhoso pelos índices alcançados em seu primeiro ano de gestão, o presidente da ABCCMM, Daniel Borja, demonstrou em seu discurso a satisfação de estar à frente da maior associação de equinos da América Latina. Ele, em nome de toda a Diretoria, agradeceu a acolhida recebida pelas autoridades e criadores capixabas.

A cerimônia contou com a participação do secretário de Agricultura do Espírito Santo, Octaciano Gomes de Souza Neto, representando o governador do Estado, Paulo César Hartung Gomes. Em discurso, Octaciano enfocou a honra em sediar os eventos do Mangalarga Marchador pelo fomento no mercado do agronegócio e no turismo da cidade.

Inovação

15178959_1333533593384240_1796504427534282410_n (1)

Os barbacenenses Higino Mendes e Janete Campos, fazendo bonito em Vitória.

A noite de premiações do Marchador Fest ganhou novo formato nesta edição. A cerimônia premiou os criadores por ordem alfabética e por estado. O modelo, mais dinâmico e moderno, agradou aos convidados. Ao todo foram 128 ranqueados entre criadores de todas as federações, destaques esportivos, condomínios, núcleos e as três leiloeiras que mais arrecadaram no período de agosto de 2015 a julho de 2016. De Barbacena a Equipe Arara Azul  participou com brilhantismo.  Nossa querida veterinária, Janete Campos foi campeã  Categoria Feminino do Ranking Caminhos do Marchador e Higino Mendes foi campeão Categoria Aberta do Ranking das Provas Funcionais.

15181448_1333533090050957_8562739848314369542_n (1)

Higino Mendes e Janete Campos

 15203406_1333533346717598_2226238456087648384_n (1)

Gran finale

O evento ficou marcado pela emoção. No encerramento da cerimônia foi anunciada a oitava entidade que será ajudada pelo projeto Marchadores pela Vida. A beneficiada será a capixaba Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer.Na oportunidade, a diretora de Relações Públicas da AFECC, Léa Penedo, foi convidada a subir ao palco juntamente com os idealizadores do projeto Tony Reis, Paula Reis, Antônio Santos Silva e Andrea Menegat, bem como criadores e colaboradores.Durante seu discurso, Andrea agradeceu a todos que incentivam o projeto, que surgiu do amor e solidariedade dos criadores do Mangalarga Marchador.

A cobertura completa do Marchador Fest será divulgada na próxima revista da ABCCMM.

Marcio Cleber
novembro 23, 2016

Santa Casa no rol dos grandes hospitais no país na área de neurocirurgia

A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena é um hospital referência em neurocirurgia de alta complexidade para os 51 municípios que integram a Macrorregião Centro Sul. Na última sexta-feira, 18, foi realizado um procedimento neurocirúrgico que colocou o hospital no mesmo patamar de grandes hospitais de referência no estado de Minas Gerais e até mesmo de outros estados. O grande diferencial foi a utilização de aparelhagem de alta tecnologia como o neuronavegador e o aspirador ultrassônico, bem como a utilização do novo microscópio adquirido pela Santa Casa no último mês. A cirurgia foi executada pelos neurocirurgiões Dr. Tarcísio Oliveira e Dr. José Antônio Milagres, para a ressecção de tumor cerebral.

Santa Casa neurocirurgia 1Santa Casa neurocirurgia 2

Legendas: Cirurgia foi da retirada de um tumor no cérebro e utilizou os mais modernos aparelhos / Dr. Tarcísio Araújo, Vicente Cândido Rezende (paciente que sofreu a cirurgia), e Dr. José Antônio

Segundo o Dr. Tarcísio, por grande incentivo da direção geral da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, através do Dr. Jorge Correa, e também através da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais – Sespas, por meio do secretário Dr. José Orleans da Costa, a Santa Casa conseguiu captar recursos junto à Secretaria de Estado de Minas Gerais para a aquisição de novos e modernos aparelhos para a equipe de neurocirurgia, dentre esses destacamos o videoendoscópio Storz e o microscópio cirúrgico Zeiss, em um investimento da ordem de R$ 541 mil.

Santa Casa neurocirurgia 3

“Pudemos realizar uma cirurgia não só utilizando esses aparelhos que foram conquistados pela Santa Casa, como também através de parcerias com outras empresas tivemos a oportunidade de utilizar a neuronavegação cerebral e o aspirador ultrassônico na remoção de um tumor cerebral”, pontuou. De acordo com ele, esses dois equipamentos são considerados de ponta para a neurocirurgia na atualidade, pois o neuronavegador permite a localização mais precisa da lesão com isso diminuindo o dano ao paciente durante a programação do acesso cirúrgico e do controle das margens de ressecção das lesões e o aspirador ultrassônico possibilita uma ressecção do tumor mais ampla com o mínimo de lesão no tecido cerebral normal.

Já Dr. José Antônio destaca que são tecnologias disponíveis hoje em dia somente em grandes hospitalares de referências no estado de Minas Gerais e fora do estado e com “essa cirurgia nós colocamos a Santa Casa de Barbacena no mesmo nível desses hospitais”. “Só esses dois aparelhos trouxeram uma grande ampliação da capacidade neurocirúrgica da Santa Casa, diminuindo os danos aos pacientes. Ficamos muito felizes com os resultados obtidos nesta cirurgia e por podermos realizar novos procedimentos com essa tecnologia aqui na Santa Casa”, completou.

Este momento marcou a entrada da equipe de neurocirurgia da Santa Casa de Barbacena no segmento de alta tecnologia em cirurgia, garantindo melhores resultados e colocando à disposição da população um atendimento muito mais seguro para o tratamento dos agravos neurológicos sem a necessidade de se deslocar para outros centros.