Idinando Borges
agosto 29, 2015

BELEZAS DO RIO – Confeitaria Colombo, por Lucas Tavares

Gallery

This gallery contains 2 photos.

  Ela já foi considerada uma espécie de extensão da Academia Brasileira de Letras, tamanha era a quantidade de influentes que frequentavam suas mesas para apreciar uma boa xícara de café ou chá. Estamos falando da Confeitaria Colombo, que desde … Continue reading

Idinando Borges
agosto 27, 2015

5ª SC GOURMET FEIRA DE DELIKATESSEN, PRODUTOS PREMIUM E GASTRONOMIA.

Fonte: Site da Feira 11813299_846735998728367_3905322498089719729_n

O evento é pioneiro deste gênero no país. Em suas quatro edições, reuniu um público aproximado de 57 mil pessoas. Para a quinta edição a organização está apresentando uma seleção criteriosa de vinhos e espumantes, queijos diferenciados, cachaças especiais, cervejas premium, alimentos gourmet, utensílios, equipamentos, acessórios e presentes. A intenção é oportunizar o contato com as novidades do mercado aos empresários, profissionais e estudantes das áreas de alimentos e bebidas e proporcionar uma experiência de sabores ao consumidor final.

A gastronomia catarinense é tão diversa e reserva tantas curiosidades que provavelmente muitos catarinenses desconhecem. As influências alemã, italiana e açoriana são evidentes. Mas é neste mosaico cultural que podemos encontrar um pouco da Áustria, da Polônia, das tribos indígenas e de tantas outras culturas. Foi pensando nesta diversidade que surgiu na SC Gourmet, o espaço Sabores de Santa Catarina. A intenção é oportunizar negócios e valorizar os sabores típicos das dez regiões do nosso estado: Caminhos da Fronteira, Grande Oeste, Vale do Contestado, Serra Catarinense, Vale Europeu, Caminho dos Príncipes, Costa Verde e Mar, Grande Florianópolis, Encantos do Sul e Caminho dos Cânions.

Nesta sexta, para convidados, acontece o jantar Mineiro & Catarinense com os chefs Ronie Peterson (Senac/Barbacena) e Hélio Gabolle. A feira começou no dia 26, ainda temos 2 dias de feira:

SEXTA – 28 de Agosto

HORÁRIO O QUE ACONTECE
17h às 22h Entrada Gratuita SC Gourmet – Feira de Delikatessen,Produtos Premium e Gastronomia Espaço Gastronômico Sabores de Santa Catarina
17h30 às 18h30 Arena SENAC | Aprenda a fazer Barriga de porco assada ao molho de abacaxi picante com Chef Ricardo Harbs
18h Sala SEBRAE | Produtos Orgânicos: Da Terra ao Prato (palestra para consumidores com Leila D do Festival de Gastronomia Orgânica de São Paulo)
19h Competição de Baristas
19h às 20h Arena SENAC | Aprenda a fazer Nhoque de batata salsa com polvo ao pesto com Chef Juliet Langaro
19h30 Sala SEBRAE | Alimentos Orgânicos e os impactos na Saúde, Economia e Meio Ambiente. (palestra para consumidores, profissionais de saúde, nutricionistas, médicos e empresários com Leila D do Festival de Gastronomia Orgânica de São Paulo)
20h às 20h30 Stand Copa & Cia | Arrumando a mesa com a Copa & Cia
20h30 às 21h30 Arena SENAC | Aprenda a fazer Torta Presidente com Chef Ângelo Medeiros
21h Sala SEBRAE | Encontro com Blogueiros de Gastronomia. Tema: Os novos rumos da Gastronomia. Bate papo entre blogueiros e visitantes da SC Gourmet.

 

SÁBADO – 29 de Agosto

HORÁRIO O QUE ACONTECE
17h às 22h Entrada Gratuita SC Gourmet – Feira de Delikatessen, Produtos Premium e Gastronomia Espaço Gastronômico Sabores de Santa Catarina
17h30 às 18h30 Arena SENAC | Aprenda a fazer Zarzuela de frutos-do-mar com Chef Felipe Martins (inscrições gratuitas via scgourmet.com.br)
19h Final da Competição de Baristas
19h às 20h Arena SENAC | Aprenda a fazer Medalhão de aipim e mignon ao molho Shimeji e queijo fundido com Chef Juliet Langaro
20h às 20h30 Stand Copa & Cia | Arrumando a mesa com a Copa & Cia

A promoção é da SOL Feira e Eventos é uma empresa especializada em festivais, congressos, feiras e eventos do setor gastronômico, com o intuito de estimular o turismo em Santa Catarina e na região através de iniciativas que envolvem as áreas de gastronomia, comércio e serviços. Em seu portfólio também consta a organização e coordenação gastronômica e de bebidas da 28ª Marejada, em Itajaí/SC. A empresa está inscrita no CADASTUR e em 2014 recebeu o prêmio destaque no turismo pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares – SIHORBS, de Blumenau.

Marcio Cleber
agosto 26, 2015

Cia Elas Por faz show ‘Samba em boa cia’ em prol da Apae Barbacena

Em apoio à Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae de Barbacena, que vem realizando diversas campanhas com artistas locais, a Cia Elas Por Eas realizará neste sábado dia 29 de agosto no Automóvel Clube o show ‘Samba em Boa Cia, prometendo uma noite de muita alegria, samba no pé e o mais importante, barbacenenses e convidados unidos em uma só causa – a solidariedade.

Cia Elas por elas em prol da apae

No clube a palavra de ordem será samba. O show trará em seu repertório um cardápio variado dentro do estilo e revisita obras de Gonzaguinha, Ary Barroso, Adoniran Barbosa, Benito Di Paula, Chico Buarque, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Jorge Ben Jor, Toquinho, Vinícius de Moraes entre tantos outros.

O trio da Cia Elas Por Elas – Cláudia Valle, Bárbara Kelmer e Lúcia Lewer – faz as releituras interpretando e comandando a percussão – e virá acompanhado pelos músicos, Cássio Oliveira -sax e flauta, Juninho de Sá – violão, Jorge Conrado – bateria e Léo Rivelli no pandeiro. Informações, mesas e ingressos pelos telefones 8886-7632 (Eliana Tafuri – APAE) e 9909-1919 (Margot).

Marcio Cleber
agosto 26, 2015

Festa do Cavalo de Alfredo Vasconcelos será a grande atração na região

O Clube do Cavalo de Alfredo Vasconcelos promoverá na próxima semana, de 4 a 7 de setembro, a 2ª Festa do Cavalo. Um evento para ir com toda família, pois além de ser com entrada gratuita terá uma programação repleta de atividades e que movimentará o Parque de Exposição de Alfredo Vasconcelos durante o dia quanto à noite. Uma Festa que terá ainda uma excelente estrutura o que proporcionará maior segurança e conforto para as pessoas que forem ao Parque de Exposição.

Segundo o presidente do Clube do Cavalo, Aylton Silva, a Festa tem como um de seus principais objetivos fortalecer cada vez mais a criação de cavalos na região.  “O evento acaba se transformando num verdadeiro momento de encontros e reencontros, de confraternização, pois reúne criadores da região e de várias outras partes do Estado de Minas Gerais. Promove também uma interação maior entre os criadores, enfim, entre o homem do campo em geral”, destacou.

A abertura oficial será na sexta-feira, 4, às 20h. Em seguida, desfile da Garota Country, Baile do Peão (com o show de Vitória Stefany e Banda) e sobe ao palco a dupla Felipe e Nando. No sábado, 5, as atividades iniciam às 10h com a 1ª Copa de Marcha do Cavalo Mangalarga Marchador, realizada pelo Núcleo Campo das Vertentes do Mangalarga Marchador – Nucave. A perspectiva é de cerca de 100 animais em pista para os concurso. A parte da noite será regada por muita música, a começar pelo – 2º Encontro de Violas, Violeiros e Sanfoneiros – em uma viagem à músicas de raiz. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo e-mail – clubedocavalo@hotmail.com ou pelos telefones: (32) 8408-8268 / 9945-2418 /9112-7670 ou 3367-1405. Os participantes ganharão medalha e entre eles será sorteado um violão. Depois sobe ao palco para animar o público a dupla Carlinhos e Celso e, , em seguida, o show mais esperado, do Bonde Sertanejo.

Uma das grandes novidades da Festa é o Primeiro Concurso Leiteiro e a perspectiva é de 20 animais participando e divididos nas categorias: 0 a 30kg, 30 a 40kg, Livre e Livre PO. A premiação será para os 1º, 2º e 3º lugares e será distribuída uma premiação de mais de R$ 7 mil. O desfile do gado leiteiro e a premiação acontecerão no domingo, às 10h. Um dos momentos mais esperados é o ‘Concurso de Marcha Regional’, e iniciará às 12h. Terá premiação em dinheiro para os 1º, 2º e 3º lugares e um prêmio especial para o primeiro lugar dos campeões dos campeões. Um concurso, que segundo os organizadores, deve contar com aproximadamente 150 animais divididos em 15 categorias. A programação do domingo termina com o show de Leandro Macedo e Banda, às 20h.

A 2ª Festa do Cavalo encerra suas atividades com a Cavalgada da Independência com saída às 13h e chegada ao Parque de Exposição.  Outra atração do evento e que acontecerá nos dias 4, 5 e 6, é a Tenda do Observatorium. A Festa, promovido pelo Clube do Cavalo de Alfredo Vasconcelos, tem como parceiros a Prefeitura Municipal de Alfredo Vasconcelos, o Sindicato Rural de Barbacena e o Núcleo Campo das Vertentes do Mangalarga Marchador – Nucave.

Marcio Cleber
agosto 26, 2015

Prefeitura lança programação da Festa das Rosas em Barbacena

Humberto & Ronaldo (na sexta-feira, dia 9), Paula Fernandes (no sábado, dia 10) e Zé Ramalho (no domingo, dia 11). O lançamento da Festa das Rosas aconteceu na noite desta terça-feira, 25, pelo prefeito Toninho Andrada em um evento realizado no Tulha du Chef. Festa das Rosas acontecerá de 9 a 12 de outubro juntamente com a 35ª Semana Nacional do Cavalo Campolina.

Paula FernandesHumbertoZé ramalho

Marcio Cleber
agosto 20, 2015

Saint-Gobain promove ação social na Sociedade São Miguel Arcanjo

Investir na comunidade barbacenense, incentivar a educação e a profissionalização são alguns dos compromissos da Saint-Gobain. E esses compromissos são colocados em prática tanto no dia a dia da empresa, como através do apoio e incentivo a projetos que propiciem melhorias na vida de todos os barbacenenses. Um dos projetos apoiados pela empresa é a Sociedade São Miguel Arcanjo, entidade que existe desde o ano de 2001 em Barbacena e oferece atividades de educação, profissionalização, além de lições de cidadania e ética para cerca de 400 crianças e jovens em regimes de abrigo, internato e semi-internato.

005

A parceria da Saint-Gobain e São Miguel Arcanjo já permeia mais de uma década e é coroada por grandes acontecimentos. No próximo dia 22 de agosto não será diferente. Uma grande ação voluntária envolvendo os funcionários da empresa levará mais conforto, segurança e educação para a entidade. A ação iniciará às 8h.

Wiltson Varnier, Diretor Geral da empresa, explica que a Saint-Gobain realizará uma reforma no Núcleo de Educação Infantil, local que recebe crianças entre 3 e 6 anos. “Viabilizamos uma grande obra de melhoria deste espaço. No ano passado construímos um parque de diversão e agora estamos reformando o telhado, o piso e a pintura. Estamos também inaugurando um laboratório de informática completo com 20 computadores conectados à internet, com o objetivo de incluir crianças e os jovens no mundo digital”, disse Wiltson.

Ele explica ainda que a pintura contará também com a colaboração de quase 100 funcionários e parceiros “Todos voluntariamente participarão colocando a “mão na massa”. Tal iniciativa é em comemoração aos 350 anos de fundação da Saint-Gobain e reforça a responsabilidade social que a empresa possui com Barbacena. “Acreditamos que o Núcleo Infantil ficará um local muito mais adequado, bonito e feliz para se aprender”, conclui Wiltson.

Marcio Cleber
agosto 20, 2015

Barbacena receberá Campeonato Nacional de Hipismo

Barbacena mais uma vez vai sediar um grande e importante evento, o Campeonato Brasileiro de Hipismo Clássico que acontecerá de 17 a 20 de setembro. A competição em toda sua história sempre teve como palco de sua promoção cidades que são capitais do país. É a primeira vez a ser realizada em uma cidade do interior. No ano passado o Campeonato Brasileiro aconteceu em Curitiba.

Será uma competição muito acirrada, pois reunirá os melhores competidores do país como de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e do estado anfitrião, Minas Gerais. A categoria é a máster (acima de 40 anos) tanto por equipe quanto individual em obstáculos com alturas de 1m, 1m10 e 1m30. Todos os participantes somaram pontos nas etapas que aconteceram em cada estado.  A promoção é da Confederação Brasileira de Hipismo, juntamente com a Federação Hípica de Minas Gerais e com total apoio da Prefeitura Municipal. Quem for ao parque terá a oportunidade de precisar uma excelente competição com saltos de arrancar o fôlego.

Dentro de uma ação social, como vem sempre acontecendo em eventos de hipismo em Barbacena, o acesso ao Parque de Exposições será um quilo de alimento não perecível ou a pessoa pode comprar um cupom no valor de R$ 5. Toda a arrecadação, mais uma vez será em prol de quatro entidades sociais de Barbacena, que serão as responsáveis pela arrecadação nas entradas principais do Parque. Terá também um pavilhão com artesanatos locais.

Uma das novidades no Campeonato Brasileiro de Hipismo, pela primeira vez dentro da programação, será o Promocional Cidade de Barbacena com competições que serão realizadas na parte da noite, a partir das 18h, com a participação de cavaleiros olímpicos e profissionais, o tornará muito disputada. As provas serão com obstáculos de 1m30 e 1m35 de altura.

Idinando Borges
agosto 19, 2015

UMA LÚCIDA OPINIÃO DE UM SENADOR DA REPÚBLICA, ROBERTO REQUIÃO

senador-roberto-requiao-209197

AGENDA BRASIL FALIDO

Roberto Requião, no seu blog, encaminhado por sua assessoria

Pedro Nava afirmou que a experiência é um carro com os faróis voltados para trás. Com isso, o grande memorialista queria dizer que o exercício da memória é fútil, pois na vida não se pode voltar no tempo para se consertar erros.

Na política, contudo, a experiência é muito útil, já que pode evitar que erros do passado voltem a ser cometidos. A experiência, parafraseando conhecido economista e filósofo relegado ao ostracismo intelectual, pode evitar que tragédias do passado voltem a acontecer como comédias. A História não precisa se repetir.

Mas há aqueles que, por desconhecimento ou interesse, preferem fazer tabula rasa da experiência para apresentar, como grandes novidades, carcomidos fracassos retirados de um baú de ossos históricos.

É o caso, infelizmente, da Agenda Brasil oferecida generosamente à Nação pelo presidente do Senado.

Trata-se de um somatório de medidas que, em seu conjunto, destina-se a reimplantar, no Brasil, o fracassado modelo do paleoliberalismo, que ruiu em quase toda a América Latina no início deste século e que provocou a pior crise do capitalismo desde 1929.

O que tal agenda oferece como futuro é a volta ao passado. E o que propõe como novo êxito é um velho fracasso.

Comecemos pelo fim. O fim do Mercosul, que é o que efetivamente se propõe quando se fala em “acabar com a união aduaneira”. Querem acabar com esse bloco sob o pretexto esfarrapado de que ele impede o Brasil de se integrar às “cadeias produtivas globais”.  Ora, o Brasil já faz parte, há muito tempo, das cadeias globais de produção, na incômoda condição básica de exportador de produtos primários. Mas não por culpa do Mercosul. Ao contrário, é esse bloco e a integração regional como um todo que vêm salvando a nossa combalida indústria. Entre 2009 e 2014, já em plena crise, a Associação Latino-americana de Importação (ALADI), que inclui o Mercosul, absorveu mais exportações brasileiras de manufaturados que todos os países desenvolvidos somados. Para o Mercosul, nossas exportações estão concentradas em 92% em bens industrializados, e com grande superávit a nosso favor.

O que se quer, na realidade, com essa conversa tola, é ressuscitar o finado projeto da Alca, mediante acordos bilaterais de livre comércio. Acham que essa Alca bilateralizada elevaria o patamar econômico do Brasil. Engano crasso e parvo. Que o diga o México, país plenamente integrado às cadeias produtivas globais, campeão mundial na celebração de acordos de livre comércio, mas que tem, hoje, cerca de 50% de sua população abaixo da linha da pobreza, não tem indústria real significativa além das “maquilas”, e que é totalmente incapaz de produzir inovação tecnológica. É incapaz até de se alimentar sozinho. O México importa atualmente dos EUA até mesmo o milho, base da sua culinária.

O México se incorporou ao “trem da História” no vagão da terceira classe destinado aos provedores de mão de obra barata e legislação ambiental flexível.  Querem o mesmo destino glorioso para o Brasil.

Também desejam, aliás, o mesmo destino glorioso para a Petrobras, alquebrada pelo insustentável “fardo” de 176 bilhões de barris de petróleo, de acordo com última estimativa para o pré-sal do Instituto Nacional de Óleo e Gás da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Almejam que tal fardo seja transferido para a Chevron e outras grandes multinacionais, as quais, em louvável ato de altruísmo, o assumiriam com indisfarçável prazer. Retirando da Petrobras a condição de operadora do pré-sal, com o tempo ela se transformaria numa espécie de NNPC, a empresa nigeriana do petróleo que não produz, não controla e não supervisiona. E o Brasil se transformaria, dessa forma, no país que não tem cadeia do petróleo, não tem produção nacional e não tem futuro.

De modo inteiramente previsível, a Agenda Brasil continua com essa pauta de desconstrução do Brasil com as velhas receitas do modelo neoliberal falido.

No campo da Reforma Administrativa e do Estado, propõe-se, além da redução de ministérios, demagogia barata que não tem nenhuma relevância financeira, a redução de estatais, demagogia pela qual o Brasil pagaria um preço muito caro. O que se quer, nas entrelinhas, é a volta das privatizações, da venda entreguista do patrimônio público, na bacia das almas da crise. Poderiam ser vendidos, a convenientes preços de liquidação, o Banco do Brasil, a Caixa, o BNDES, a Petrobras, empresas de energia elétrica e tudo mais que tiver sobrado da voragem privatizante dos tempos do tucanato. Propuseram até mesmo a privatização do SUS, com a precursora medida da cobrança de procedimentos.

Voltou, com grande força, a agenda destrutiva do Estado Mínimo, ensejada pela “necessidade” da contenção de gastos e do “equilíbrio fiscal”.

No que tange à (des)proteção social, pretende-se “regulamentar a terceirização”, inclusive em atividades-fim, forma perversa e sub-reptícia de burlar e corroer a proteção trabalhista herdada dos tempos de Getúlio Vargas. Com isso, o Brasil poderá regredir livremente aos tempos da República Velha, quando a incômoda questão social era simples caso de polícia.

A Agenda também recomenda o aumento da idade mínima para aposentadorias, como forma de se alcançar o nirvana estéril do equilíbrio fiscal. Contudo, faltou incluir na Agenda o sábio conselho do Ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, que, em 2013, recomendou aos velhinhos de seu país que morressem mais rápido. Convite prontamente recusado por seus beneficiários.

O mesmo cuidado reservado aos idosos e aos trabalhadores é também estendido às reservas indígenas e ao meio ambiente. Com efeito, a Agenda propõe tanto a revisão das normas relativas à exploração das terras de nossos aborígenes quanto o fast track da expedição de licenças ambientais, com o intuito, é claro, de proteger tanto uns quanto o outro.

Assim, a Agenda contém em si uma série de tragédias trabalhistas, previdenciárias e ambientais, encenadas no palco do ajuste draconiano e recessivo dirigido pelo ministro Levy.

Entretanto, a grande tragédia da Agenda Brasil e tantas outras agendas e pautas que crescem como fungos no Executivo e no Congresso é a total falta de pensamento estratégico sobre o Brasil e seu futuro.  A necessidade tática, de curto prazo, do ajuste fiscal, transmutou-se em estratégia e modelo de longo prazo para o país.

Significativamente, ninguém está falando em câmbio, em taxas de juros, em política industrial, em inovação tecnológica, e muito menos, em política de desenvolvimento e em projeto de nação. Tudo isso, pasmem, numa conjuntura de fim do ciclo das commodities, crise mundial profunda e permanente, e célere debacle da nossa indústria.

É evidente que o término desse ciclo impõe ao país o desafio estratégico de acelerar a transição para uma economia baseada numa indústria nacional competitiva, fundada em educação de qualidade e capacidade de gerar inovação. Ademais, o baixo crescimento do comércio mundial, que vem se perpetuando desde 2011, demanda o aprofundamento do processo de ampliação do mercado de consumo interno.

Como vamos enfrentar esse desafio? Com as maiores taxas de juros do mundo, que esterilizam quaisquer esforços fiscais? Com o câmbio sobrevalorizado que mata a nossa indústria?  Arrochando trabalhadores e aposentados? Voltando a ampliar as desigualdades? Vendendo patrimônio público e setores estratégicos a preço de banana? Entregando o pré-sal?

É essa a discussão que o Brasil deveria fazer. Não o debate de agendas míopes de um fiscalismo colocado a serviço da banca desregulada e de um entreguismo literalmente barato.

O futuro do Brasil não está em seu passado. O êxito do Brasil não está em seus fracassos pretéritos.

A Agenda Brasil e a agenda neoliberal e fiscalista que se tornou hegemônica no Brasil pretendem dirigir o país com faróis voltados para atrás e olhando pelo retrovisor.

Não salvará o governo, muito menos o Brasil. E sequer adiantará rezar com o galo-das-trevas. Com elas, nossa condenação é certa.

Idinando Borges
agosto 19, 2015

V FESTIVAL DONA JOAQUINA EM POMPÉU

Durante os dias 20 a 23 de agosto acontecerá o  V Festival Dona Joaquina do Pompéu.

Confira a programação e participe do Festival!

Dia 20 de agosto – Quinta –feira

7h30 – Sessão de Cinema. Ação em parceria com o SESC-MG 10h – Abertura da Exposição: Patrimônio Histórico de Pompéu: Espaço e Tempo. 14h – Desfile pelas ruas da cidade com o Grupo Fratello, alunos das escolas de Pompéu, comparticipação do Grupo de Percussão.
19h – Solenidade Oficial de Abertura do V Festival Dona Joaquina do Pompéu no Centro Cultura Dona Joaquina do Pompéu; Abertura da Exposição Vasco da Gama, no Museu da Cidade.
20h – Vesperata com Quinteto de Cordas – Pátio do Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu.
20h – Festival de Caldos e de Doce de Leite – Pátio do Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu.
21h – Show de Amanda Roberta – Anfiteatro Agripa Vasconcelos no Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu.

Dia 21 de agosto – Sexta-feira

15h – Palestra: Pompéu e o Centro-Oeste Mineiro, ministrada por associados do Instituto Histórico e Geográfico de Pompéu. Dentro da programação da Jornada Mineira do Patrimônio Cultural do IEPHA – 2015. Local: Sala de Multimeios do Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu. 20h – Vesperata com a Orquestra Flauta Doce Sopro dos Anjos.
20h – Início da Butecada Colonial com comida típica do Centro-oeste mineira.
21h – Vesperata com os Seresteiros dos Buritis.

Dia 22 de agosto

10h – Entrega da Comenda Dona Joaquina do Pompéu às personalidades que se destacaram em diversas áreas em prol do município de Pompéu. 15h – Roda de Capoeira na Praça Pedro Alves dos Santos (em frente ao Museu).
22h – Show de sertanejo universitário com artistas pompeanos.

Dias 20 e 21 de agosto – acontecerão as seguintes programações fixas:

8h,13h e 20h – Sessões de cinema no Cinema em parceria com os SESC. Entrada gratuita com escolas agendadas; Local: Praça Carlos Eloy.
8h e 13h – Sessão de contação de estórias do SESC Minas. Local: Anfiteatro Agripa Vasconcelos no Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu com grupos de alunos pré-agendados.

Fonte; Divulgação da Secretaria de Cultura e o brilhante advogado Hugo de Castrodona_joquina

Elton Belo Reis
agosto 15, 2015

Advogado Barbacenense empossado na Academia Paraibana de Letras Juridicas.

PAULO AFONSO DE OLIVEIRAAcademia Paraibana de Letras Jurídicas, uma instituição sem fins lucrativos esta semana, realizou em João Pessoa o segundo Encontro da Academia Paraibana de Letras Jurídicas, sobre a Presidência do Advogado Ricardo Bezerra.

 O barbacenense Advogado, Dr. Paulo Afonso de Oliveira, foi empossado como Membro Correspondente desta conceituada Academia. Tal encontro aconteceu, entre os dias 11 a 14 de agosto, no Anfiteatro do Hotel Tambaú em que comemorou também 38 anos da Criação da Academia Paraibana de Letras Jurídicas (APLI).

 De acordo com o presidente da APLI, Ricardo Bezerra, encontro pretende promover o intercâmbio entre as instituições culturais e academias de letras jurídicas.


“Com essa integração, esperam dar uma estabilidade em nível nacional na área jurídica, pelo que parece já esta acontecendo, pois com a integração de vários estados, o Dr. Paulo Afonso de Oliveira, Advogado conceituado de nossa Barbacena, foi empossado juntamente com mais
dois outros membros receberam com notoriedade o titulo de membro correspondente além de representar Barbacena, também como mineiro, representa nosso estado.

 A Academia Paraibana de Letras Jurídicas na data de ontem (14) em sessão solene comemorativa de seus 38 anos, empossou três novos membros efetivos e concedeu o título de membro correspondente ao Dr. Paulo Afonso de Oliveira e aos presidentes da Academia de Letras Jurídicas da Bahia e de Sergipe. Ricardo Bezerra,  está na presidência da Federação das Academias de Letras Jurídicas do Brasil da qual a Academia Barbacenense de Ciências Jurídicas faz parte. O no do Dr. Paulo foi sugerido para esta homenagem justamente pelo trabalho conjunto que vem desenvolvendo na federação.

 Segundo a reitora do Unipê, Ana Flávia Pereira, o apoio institucional ao evento tem como intuito estimular uma relação profícua entre a Universidade e as Academias. “O Unipê está se aproximando dessas academias por acreditar que a educação e a cultura caminham lado a lado, de uma forma geral”, afirmou.

Parabéns ao Dr. Paulo Afonso por mais esta conquista, que continue a levar com grande esmero a representatividade de nossa altaneira Barbacena, por todo o Brasil e mundo.