Marcio Cleber
maio 18, 2018

Barbacena Card apresenta sistema de cadastramento para colaboradores usuários de vale-transporte

O sistema de cadastro do Barbacena Card que está sendo implantado no transporte coletivo urbano da cidade foi apresentado na manhã desta quinta-feira, dia 17, a diversas entidades como Associação Comercial e Industrial de Barbacena – ACIB, o Sindicomércio, a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Barbacena, ao Sindicato Rural de Barbacena e a colaboradores da empresa Cidades das Rosas. O objetivo foi também explicar aos responsáveis pelos setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal de empresas como funciona o cadastro e o carregamento dos vales-transporte para os funcionários que fazem uso do benefício.

 

Toda explanaBarbacena Card 1 Barbacena card 2ção foi realizada pelo técnico Paulo Henrique, da ProdataMobility Brasil, empresa que desenvolveu o sistema, que teve a oportunidade de explicar como funciona todo o processo de cadastramento e carregamento. Com a implantação do Barbacena Card, as empresas poderão fazer mensalmente o crédito online do valor dos vales-transporte, sem a necessidade de ir à Central de Atendimento para retirar os vales impressos. O colaborador, por sua vez, vai receber gratuitamente o seu Barbacena Card Vale-Transporte e, assim que a empresa confirmar o crédito, o valor das passagens estará disponível para uso.  Dessa forma, tanto empregadores quanto empregados poderão contar com um sistema mais moderno, ágil, seguro e confortável.

Presente no encontro estava o presidente do Sindicomércio de Barbacena, o empresário Osvaldo Fernandes. “A implantação do Barbacena Card pela Cidade das Rosas é de extrema importância para toda cidade. Esta modernidade proporcionará uma redução dos custos para as empresas que não vão mais ter que deslocar funcionário até a Cidade das Rosas para buscar os vales. Como tudo será online, diminuirá os custos da empresa, ganhará mais agilidade no processo dentro da empresa”, pontuou.

O primeiro passo para que o Barbacena Card Vale-Transporte comece a funcionar é o cadastramento dos colaboradores no sistema. Esse cadastramento deve ser feito pelo empregador, para cada um e em nome de cada um de seus funcionários. A partir desse cadastramento, os cards serão impressos pelo Barbacena Card e disponibilizados à empresa para que possa disponibilizá-los aos seus colaboradores. A partir daí, também por meio do sistema online, as empresas passarão a creditar mensalmente os valores do vale-transporte. Simples, sem burocracia, mais seguro e eficiente.

A novidade está agradando às empresas. “A Rede Sales já tem algumas de suas filiais em outras cidades que utilizam desta modernidade de aquisição do cartão eletrônico de transporte coletivo. E este sistema do Barbacena Card traz um ganho enorme para a empresa, porque se resolve com mais rapidez, não precisará ficar deslocando funcionário para buscar o vale-transporte, além de gerar economia para a empresa”, pontuou Edilson Aguiar, gerente de Departamento Pessoal da Rede Sales Supermercados.

Quem também destaca a positividades da implantação do Barbacena Card é Adélia Maria Garcia Paolucci, Gerente de Departamento Pessoal da empresa Rivelli: “O Barbacena Cardvai diminuir muito nosso trabalho dentro da empresa, pois não vai ser preciso ficar separando  vales-transportes para os funcionários e esse tempo gasto para isso poderá ser utilizado para outro serviço.  Tudo sendo online e com o uso do cartão o ganho é total em toda o sistema, gerando ainda redução de custos”, disse.

Todos os serviços – tanto o cadastramento quanto o crédito mensal dos vales-transporte – podem ser acessados via site www.barbacenacard.com.br, na área destinada aos serviços para empresas. Por enquanto, só está disponível o serviço de cadastramento dos colaboradores. Essa fase é muito importante no processo de implantação, pois é a primeira e mais trabalhosa etapa já que precisam ser lançados dados completos de cada colaborador. Por isso, o Barbacena Card orienta as empresas que já comecem a fazer os cadastros a partir de agora.

“O sistema já está apto a receber os cadastros das empresas. É só acessar o site, cadastrar e a empresa inserir os dados dos funcionários. Isso feito, nós já poderemos começar a imprimir os cartões e as empresas já podem entregá-los aos colaboradores com tranquilidade e antecedência. Depois, quando o Barbacena Card começar a operar, bastará fazer o crédito dos valores via sistema e os funcionários poderão usá-los na ida e na volta do trabalho”, comenta Janaina Fonseca, Gerente Administrativa da Empresa Cidade das Rosas.

Todas as empresas da cidade já podem iniciar o seu cadastramento pelo site e o Barbacena Card já tem uma equipe treinada e qualificada a esclarecer dúvidas nesse momento de implantação. Caso as empresas tenham necessidade de algum esclarecimento, podem usar o telefone 32-3332-3107, whatsapp 32-98408-0671 ou pelo e-mail contato@barbacenacard.com.br

Por enquanto, o cadastramento está sendo feito apenas para a modalidade vale-transporte voltada para as empresas. Para as pessoas físicas, o cadastro será aberto posteriormente. A previsão é de que o Barbacena Card comece a operar em 1º de julho, ou seja, a partir desta data as pessoas poderão usar os cartões nos validadores dos ônibus. No entanto, os usuários podem ficar tranquilos, pois haverá tempo suficiente para cadastros, emissão de cartões e crédito nos cards. As passagens também poderão ser pagas em dinheiro e os vales-transporte impressos em papel serão emitidos até o mês de agosto, para que todos os usuários tenham oportunidade de receber o seu Barbacena Card a tempo.

“Uma grande conquista para o município, o Barbacena Card. Depois que as empresas tiverem com todos seus funcionários cadastrados, vão ter uma aquisição mais rápida na compra do vale-transporte para os funcionários. Menos burocracia, mais automatização, o que é importante, porque tempo hoje representa um custo enorme para os empresários. Com estas facilidades implantadas, certamente teremos uma redução de custos e mais agilidade no trabalho como um todo”, ressaltou Flávio Dani Franco, empresário e presidente da ACIB.

O Barbacena Card

O Barbacena Card é o sistema de bilhetagem eletrônica que a empresa Cidade das Rosas, operadora do transporte coletivo urbano, está implantando na cidade.  Os ônibus já estão adaptados ao novo sistema de cobrança, que tem como objetivo tornar o acesso ao transporte público mais moderno, ágil e seguro.

O sistema de bilhetagem eletrônica vai possibilitar que o usuário pague suas passagens por meio de um cartão magnético pré-pago que funciona por simples aproximação com o validador, equipamento de leitura do cartão, que será instalado junto às catracas. O valor da passagem é descontado dos créditos do cartão e o acesso é liberado automaticamente. Com isso, o serviço ficará mais muito mais rápido.

Benefícios para os usuários

– Agilidade no embarque, diminuindo o tempo de viagem;

– Maior segurança nos ônibus e pontos de ônibus em virtude da redução do volume de dinheiro e vales circulantes;

Sobre a Cidade das Rosas

Há mais de 30 anos na área de transporte de passageiros, a Cidade das Rosas é uma empresa que se consolidou pela eficiência e qualidade do seu serviço, proporcionando conforto e segurança, viagens tranquilas e agradáveis.

Transportar passageiros é uma tarefa que exige responsabilidade. Por isso, a Cidade das Rosas possui uma frota de veículos modernos, com alto padrão de manutenção, e colaboradores preparados para atender as exigências do transporte profissional de pessoas.

Fotos: Márcio Cleber

Marcio Cleber
maio 8, 2018

Barbacena se prepara para seu IV Encontro de Violeiros e Sanfoneiros

Falar em música sertaneja de raiz, é falar de moda de viola e lembrar de grandes nomes que levaram esse estilo para todo o país. É esta moda de viola que vai invadir Barbacena nos dias 8, 9 e 10 de junho, com a realização do IV Encontro de Violeiros e Sanfoneiros de Barbacena.  O palco de mais este grande evento, que já faz parte do calendário de festas do município, será o Campo do Grêmio, na Colônia Rodrigo Silva. Um passado-presente que encanta a todas as gerações e arrasta grandes multidões.

encontro de violeiros 5

Na produção cultural é de Vandeir Antunes, um dos criadores do Encontro de Violeiros e que com este trabalho, revelou diversos cantores que viviam no silêncio do seu anonimato e que passaram a ter a carreira artística como uma profissão. Na realização do evento está a União Comunitária de Barbacena – UCB, o Grêmio Recreativo Rodrigo Silva e a Associação dos Moradores do Bairro Roman – AMBRA, contando com o apoio da Prefeitura Municipal de Barbacena

Serão mais de trinta atrações musicais vindas de diversas cidades. O encontro de Violeiros inicia-se no dia 8, com a celebração de uma missa sertaneja campal às 19h, que será precedida por padre Vanderli, da Paróquia de Nossa Senhora da Assunção, de Barbacena; com a participação da dupla Johnny M. & Maurinho na animação musical. Logo após sobe ao placo para começar a aquecer a noite o Grupo Amigos de Davi. A abertura oficial será às 20h20, com a presença da comissão organizadora, autoridades e patrocinadores.

A programação continua com o show de Chico Almeida e na sequência, Vinícius Freitas Sanfoneiro, Grupo Recordação, Johny Marcos & Maurinho, e, como última atração da noite, Forro Xote Vuco Vuco. O Encontro de Violeiros e Sanfoneiros, no sábado, dia 9, inicia suas atividades mais cedo, às 16h, com a Festa Junina da Escola Estadual Gabriela Ribeiro Andrada. Uma novidade da edição deste ano será o desfile para eleger a Rainha dos Violeiros que acontecerá às 18h. Muita música também vai embalar a noite com Ricardo & Rodrigo, Leandro & Toninho, Maycon & Diego, a tradicional Orquestra de Violeiros Arpejo, Caffé Viola, o grande show de Leo Montes & Miguel e o Forró Melodia do Som.

A 4ª Cavalgada Amigos da Viola inicia a programação do domingo, dia 10. A concentração será às 9h, no Carlinhos, próximo ao Parque de Exposição, e sairá às 11h30, e a chegada na Colônia Rodrigo Silva está marcada para as 12h30. As apresentações artísticas começam às 14h com o cantor Vicente Souza. Logo em seguinte, Markoni Violeiros, Zé do Laço & Goianita, Letícia Coimbra Sanfoneira, Sabrina Matos Violeira, do pequeno Pietro Rios, Jéssica Martim & Isabelle Silva, Romano Pantaneiro, Donizett Camargo e João Hélio 3 em 1 Forró.

Um pouco da trajetória do Encontro de violeiros

O Encontro de Violeiros em apenas quatro anos de circuito transformou-se em uma fábrica de descoberta e divulgação de talentos. Com o lema ‘dar palco a quem não tem palco´ para os artistas anônimos e amadores, visando manter viva as músicas de raiz do universo sertanejo em um verdadeiro resgate de canções que agrada a todas as gerações. Surgiu da sugestão de um ouvinte (João Carlos – cidade de Mercês) do programa de rádio do Vandeir Antunes, na cidade Paiva.  “Então, resolvemos criar o Encontro de Violeiros nos inspiramos em encontros realizados no Triângulo Mineiro, do centro Oeste do Brasil, da região de Goiás”, pontuou Vandeir.

A primeira edição aconteceu na cidade Paiva, em apenas uma noite, no dia 14 de fevereiro de 2014. Nestes quatro anos de circuito esteve em 15 cidades sendo que em alguma delas aconteceram por três vezes, mas a cidade recordista é Tabuleiro. Vandeir Antunes, juntamente com João Carlos (cidade de Mercês) foram os criadores do Encontro de Violeiros.

Marcio Cleber
maio 7, 2018

Empresas aderem ao movimento Maio Amarelo

A Empresa Cidade das Rosas e a Empresa Barraca Turismo que estão totalmente ligadas ao trânsito, aderiram ao movimento Maio Amarelo, se juntado a várias outras entidades do setor público e privado de Barbacena, num amplo trabalho de conscientização e prevenção com relação aos acidentes de trânsito que têm alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Para envolver seus motoristas nesta Campanha, a Cidade das Rosas e a Barraca Turismo promoveram na última semana um ciclo de palestra ministrado por Djalma Nascimento, instrutor do Serviço Social do Transporte – SEST e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SENAT, unidade de Juiz de Fora.

Emresas aderem 1

Em sintonia com o SEST/SENAT que está trabalhando neste Maio Amarelo ‘Responsabilidade Civil e Criminal no Trânsito”, foi este o tema da palestra com os funcionários que procurou destacar  para os motoristas a séria responsabilidade de cada um no trânsito, o respeito às regras e às faixas de pedestres, o cuidado que eles devem ter consigo mesmo para poder atuar com mais seriedade no trânsito. Para o motorista da Cidade das Rosas, Daniel de Almeida, as capacitações são de extrema importância, pois ajudam os profissionais a serem cada vez melhores, a estar atualizados. “É fundamental também que a pessoa entenda que é preciso melhorar e todos estas ações que as empresas promovem são para que possamos desenvolver um trabalho com mais segurança e tranquilidade”, pontuou.

Na avaliação de Djalma Nascimento, é importante as empresas estarem presentes nestes movimentos, como o Maio Amarelo, que chama atenção de toda a população para os cuidados no trânsito em geral. “O SEST/SENAT este ano tem como lema no momento ‘Nós somos o trânsito’ e trabalhando nas palestras a responsabilidade civil e criminal, e foi esta reflexão que desenvolvemos com os motoristas da Empresa Cidade das Rosas e a Empresa Barraca Turismo”, destacou.

Importante ressaltar que a Empresa Cidade das Rosas e a Empresa Barraca Turismo têm em sua estrutura de trabalho a capacitação constante durante todo o ano, não só de seus motoristas, mas de todos os funcionários, visando o bem-estar de cada um deles e também oferecer à população um atendimento de total qualidade. Ande de ônibus, é legal e mais seguro.

Marcio Cleber
abril 25, 2018

Nomeado novo arcebispo de Mariana

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunica que o Papa Francisco aceitou a renúncia ao governo pastoral da Arquidiocese de Mariana, apresentada por Sua Excelência Reverendíssima Dom Geraldo Lyrio Rocha. O Santo Padre nomeou Arcebispo de Mariana, Sua Excelência Reverendíssima Dom Airton José dos Santos, até agora Arcebispo Metropolitano de Campinas – SP.

arcebispo 3

Dom Airton é mineiro, nascido em Bom Repouso, na Arquidiocese de Pouso Alegre, aos 25 de junho de 1956. Cursou Filosofia na Faculdade do Ipiranga e Teologia na Faculdade Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. Tem mestrado em Direito Canônico obtido na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.

Pertencente ao Clero de Santo André – SP, Dom Airton foi ordenado Bispo Auxiliar dessa diocese, aos 02 de março de 2002. Em 2004, foi nomeado Bispo de Mogi das Cruzes – SP. Tomou posse como Arcebispo de Campinas – SP, aos 15 de fevereiro de 2012. Exerce as funções de Grão-Chanceler da PUC-Campinas. Entre outras atribuições, foi Secretário do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo) e atualmente é Presidente do mesmo Regional. Foi também membro da Comissão Episcopal para os Tribunais Eclesiásticos de Segunda Instância.

Dom Geraldo exercerá a função de Administrador Apostólico até a posse canônica de Dom Airton, no próximo dia 23 de junho. A Arquidiocese de Mariana agradece a Dom Geraldo por seu serviço pastoral ao longo de quase 11 anos à frente desta porção do Rebanho de Cristo, dá as boas vindas a Dom Airton desejando-lhe feliz pastoreio nesta Igreja particular e invoca para ambos a abundância das bênçãos de Deus

Marcio Cleber
abril 19, 2018

Posto Avançado de Coleta de Sangue será implantado na Santa Casa de Barbacena

Doar sangue vai ficar com facilidade de acesso e mais comodidade para a população das microrregiões de Barbacena, Conselheiro Lafaiete e Congonhas. Barbacena terá um Posto Avançado de Coleta Externa – PACE que funcionária em um prédio anexo da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, uma concretização de um sonho antigo de toda a região, pois com este Posto, as pessoas não precisarão se deslocar até Juiz de Fora para fazer sua doação. Será um local específico para coleta do sangue que posteriormente será encaminhado para o Banco de Sangue do Hemominas, em Juiz de Fora, onde passará por todo processo de fracionamento por processo físico-químicos.

“Este é um importante momento para toda a nossa região. Começamos a discutir sobre a implantação do PACE no ano de 2013. Já no ano de 2016 foi assinado um termo de cooperação técnica entre a Prefeitura Municipal de Barbacena e o Hemominas, para que o Hemominas doasse todos os equipamentos e a cidade arrumaria os espaço físico e sua adequação para o funcionamento deste posto”, explicou Dr. José Orleans, secretário Municipal de Saúde Pública e Programas Sociais – SESAPS. Pontuou ainda que o recurso, da ordem de R$ 100 mil já foi conseguido junto ao Ministério da Saúde e repassado à Santa Casa para a execução da obra. “O projeto técnico está aprovado pelo Hemominas e foi encaminhado para a Vigilância Sanitária da Superintendência Regional de Saúde para avaliação final. Assim que for aprovado, será dado início à obra do Posto”, destacou.

O Posto Avançado de Coleta Externa – PACE funcionará no espaço onde atualmente está instalada a Agência Transfuncional da Santa Casa, em um prédio anexo à entidade. O local passará por todo o processo de reforma física. Quanto à Agência de Sangue passará a funcionar no prédio principal da Santa Casa, e este novo local já se encontra em processo de reforma. A Agência é onde ficam armazenadas as bolsas com hemoderivados que vem do Hemominas Juiz de Fora e serão utilizados pelos pacientes.

De acordo com José Orleans, a previsão é de quer o PACE entre em atividade no segundo semestre deste ano. “Todo o custeio de funcionamento será de responsabilidade do município de Barbacena. Vamos mobilizar uma grande campanha para que as pessoas adquiram o hábito de doar sangue continuamente e, assim, mantermos o Banco de Sangue do Hemominas com um ótimo estoque para atender a demanda da região”, disse.

Na avaliação da Diretora Assistencial da Santa Casa, Marcilene Dornelas, o Posto de Coleta é uma iniciativa que conta com a participação direta da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, SESAPS e Hemominas.  “O resultado do trabalho ampliará a capacidade de fornecer hemocomponentes para a população, através do aumento da doação de sangue. Atualmente, a Santa Casa tem um consumo de 200 bolsas/mês. Precisamos conscientizar e mobilizar a população que um doador pode salvar até quatro vidas com o simples ato de doar-se”, comentou.

Marcio Cleber
abril 12, 2018

Exposição de fotografia retrata 130 anos da imigração italiana a Barbacena

A nona edição da Feira Italiana de Barbacena inicia nesta quinta-feira, dia 12 e estenderá até o domingo, dia 15. Uma das atrações do evento é a exposição de fotografia montada na sede do Grêmio Recreativo da Colônia Rodrigo Silva, que pode ser visitada durante a realização da Feira. Uma excelente oportunidade para as pessoas conhecerem um pouco da trajetória dos 130 anos da imigração italiana em Barbacena. São fotos do álbum de diversas famílias italianas que nos remetem a um passado de grandes conquistas. Os organizadores convidam outras famílias que também levem suas fotos para enriquecerem ainda mais a Exposição. Um verdadeiro resgate da memória de uma parte importante da história da cidade.

1dd355f9-6bba-44f3-93ba-4e68ba3267a8 fab9ba0f-a2d7-4635-bbcb-d8b3792fd7ec

Barbacena foi a primeira cidade de Minas Gerais a receber oficialmente os imigrantes italianos, por volta do ano de 1886, duas nações, Brasil e Itália, um casamento perfeito. No início, vieram 25 famílias de origem do norte da Itália para a Fazenda do Facão (Sericícola) e posteriormente transferidas para a recém criada Colônia Rodrigo Silva. As atividades destes imigrantes envolviam principalmente a agricultura com destaque para o cultivo de milho, feijão, batatas e uvas (com produção de vinho) e junto com a posterior chegada dos imigrantes das várias regiões da Itália, construíram uma brilhante trajetória de luta e de conquistas. Seus descendentes continuam a escrever páginas desta presença marcante na cidade.

A Associação de Cultura Italiana de Barbacena – Casa d´Itália di Barbacena, surgiu para manter viva a cultura italiana na região e desenvolver a integração dos descendentes das famílias imigrantes do referente país com a comunidade regional. Nesta intenção, fomenta atividades para ampliar seus associados com objetivo desenvolver atividades para empoderar o grupo alvo de sua cultura ancestral.  Uma das grandes realizações da Casa d´Itália di Barbacena é a Feira Italiana, evento destinado a enaltecer a cultura italiana, acontecendo anualmente, momento em que divulga este trabalho.

A tradicional Feira Italiana acontece no Campo do Grêmio da Colônia Rodrigo Silva em uma realização de parceria entre a Casa D´Itália de Barbacena, a União Comunitária de Barbacena – UCB, o Grêmio Recreativo Rodrigo Silva e a Associação dos Moradores do Bairro Roman – AMBRA, contando com o apoio e patrocínio da Prefeitura Municipal de Barbacena, diversas empresas e cidadãos barbacenense e tem como patrocinador oficial a Regale Corretora de Seguros.

Programação

No dia 12 de abril haverá a tradicional pré-abertura com música ao vivo, às 21h, no Gino´s il Candelabro. Sexta-feira, dia 13, na Colônia, barracas com comidas e música – som mecânico. No sábado, dia 14, abertura oficial às 16h com a presença de autoridades e a participação da Banda de Música do 9º Batalhão da Polícia Militar, seguida da escolha do “Colonino” e “Colonina” (concurso infantil) e a noite será animada pela cantora Luma Goulart. A programação de domingo, 15, inicia-se com missa campal às 10h seguida de música Italiana ao vivo com Daniel Falzoni e Tamyres Brandão, Dança Folclórica do grupo Tarantolato, de Juiz de Fora, e às 14h apresentação do  “Colonino” e “Colonina” eleitos. Às 15h, reapresentação do Grupo de Dança Folclórica e encerramento, às 17h, show dançante com Luma Goulart.

A Escola Estadual Gabriela Ribeiro Andrada e Municipal Inês Piacesi participarão durante toda Feira com atividades culturais desenvolvidas pelos alunos, entre elas o desfile com roupas típicas para escolha do “Colonino” e “Colonina”.

Marcio Cleber
abril 7, 2018

Uma vitrine do agronegócio com novas tecnologia e disseminação do conhecimento

O grande público foi mais uma vez a prova concreta do sucesso de mais uma edição do Dia de Campo e Feira Agropecuária Rivelli, que aconteceram nesta sexta-feira, dia 6, na Fazenda Extrema, no município de Alfredo Vasconcelos.  Mais de 590 pessoas entre produtores rurais, estudantes de diversas instituições, representantes de várias entidades voltadas para a área rural; investidores, empresas e prestadores de serviços do agronegócio aproveitaram a oportunidade. Os eventos se pautaram em sua realização por parcerias e este ano reuniram 18 empresas.

Dia de Campo Rivelli 12 Dia de Campo Rivelli 13

O Dia de Campo e Feira Agropecuária Rivelli transformaram-se ao longo de seus treze anos de existência, em grandes e importantes eventos voltado para as área rural de toda a região. Uma vitrine de oportunidades para primeiramente ver de perto excelentes resultados do cultivo de milho para silagem e da produção leiteira da Fazenda Extrema, que é uma referência em qualidade e sustentabilidade. Um dia para os participantes ficarem por dentro do que o mercado está oferecendo de mais moderno em equipamentos e máquinas para o setor e conhecer diversos novos produtos e variedades de sementes.

Um momento de grande troca de experiências e de geração de negócios.   O sucesso do agronegócio com foco na importância da gestão econômica foi o ponto principal da explanação do zootecnista e mestre em Produção de Ruminantes pela UFV, Christiano Nascif, na palestra de abertura dos trabalhos. Para envolver os participantes em uma ação mais prática e com disseminação de conhecimentos, aconteceram as visitas técnicas e orientadas, quando em grupos, percorreram as Estações de Campo. Oportunidade em que as empresas expositoras apresentarem o que elas têm de mais moderno e para fazer a diferença na produção e ter resultado de total qualidade.

Dia de Campo Rivelli 14

Ao avaliar esta décima terceira edição do evento, o empresário Carlos Rivelli, destacou mais uma vez o grande público demonstrando claramente a credibilidade do evento no universo do agronegócio. “Procuramos proporcionar com o Dia de Campo e a Feira Agropecuária uma integração entre os nossos parceiros e os produtores visando levar novos conhecimentos e tecnologias modernas que contribuirão para a ampliação e o fortalecimentos de seus negócios”, pontuou. Destacou ainda que a Rivelli é uma empresa que tem ligação com a produção de grãos de milho e soja, e a própria produção de frango integrada com seus parceiros e promover  toda esta integração em geral uma fundamental estratégia para a empresa. “Além de tudo isso, a Rivelli tem sua responsabilidade social com toda a classe de produtores rurais difundindo o conhecimento e promovendo melhorias na qualidade de vida de toda a população”, ressaltou.

O cultivo do milho com o uso de tecnologia de ponta e sementes de qualidade foi um dos destaques do Dia de Campo, uma vez que a produção deste grão está ligada diretamente à Empresa Rivelli. “Procuramos fazer a disseminação de tecnologia para o meio agropecuário, com foco no milho, pois é um produto de grande fator energético para o sistema de produção. Quanto mais informação, tecnologia e dimensionamento do que está acontecendo no campo e na região chegarem ao produtor teremos mais retorno, mais negócio e um resultado final sustentável”, comentou Edgard Loureiro, gerente de Produção Agropecuária da Rivelli.

Participantes falam da importância do evento

O Dia de Campo e Feira Agropecuária Rivelli contou com a participação de representantes de diversas entidades ligadas aos setor da agropecuária.  Entre eles, o presidente do Sindicato Rural de Barbacena, Renato Laguardia. São eventos que vêm contribuindo muito para o desenvolvimento do agronegócio na região, pois apresenta novas tecnologias, além de promover o debate de temas de extrema importância para o produtor rural. Os proprietários da Rivelli, Carlos e Márcio estão de parabéns pois ao longo destes trezes anos de existência, contribuiu muito para o crescimento do setor não só em Barbacena, mas na região”, disse.

Para Marcelo Espôsito, professor do Instituo Federal Sudeste de Minas – Câmpus Rio Pomba, Feira desta amplitude ajuda os alunos a verem na prática a teoria aplicada em sala de aula. “Conseguimos agregar bastante conhecimento e proporcionar uma formação adequada porque nestes evento tem contato com o produto rural e empresas do segmento. E para nós, enquanto professores, agrega valor porque é muito conhecimento em questão”, ressaltou.

Alcione Casemiro, extensionista Agropecuário da Emater da cidade de Antônio Carlos comenta que conhecer tecnologias de ponta, variedades de sementes novos modelos de máquinas para aprimorar a produção são fundamentais para o sucesso final e a Feira se transformou em uma vitrine do conhecimento e ainda capacitação para toda a região

Solidariedade

Além de colocar em pauta novos conhecimentos, apresentar tecnologias modernas e variedade  de produtos por meio de parceiros, o Dia de Campo  e Feira Agropecuária Rivelli visa ainda a solidariedade, contribuindo com instituição da cidade. No ato da inscrição os participantes doaram alimentos não perecíveis ou a quantia de R$ 5,00. E a instituição a ser beneficiada com este gesto foi a Associação de Amparo às Pessoas Carentes e/ou com Câncer que atende atualmente a 120 famílias. Tem três casa de amparo sendo uma em Barbacena, outra em São João del Rei e uma em Belo Horizonte. “A instituição desenvolve um trabalho gratuito e sobrevive de doações e esta atitude da Empresa Rivelli só nos fortalece para continuarmos dando assistência a quem tanto precisa. Deixo aqui os meus agradecimentos à direção e a todos os integrantes da Empresa”, exclamou Rosimary Alves, psicóloga da Associação.

Marcio Cleber
abril 4, 2018

IX Feira Italiana de Barbacena: 130 anos de constituição da Colônia Rodrigo Silva e da imigração italiana em Barbacena

A nona edição da Feira Italiana de Barbacena tem um motivo muito especial para sua realização, pois celebrará os 130 anos de constituição da Colônia Rodrigo Silva e da imigração italiana em Barbacena e 15 anos da Casa D’Italia di Barbacena.

Barbacena foi a primeira cidade de Minas Gerais a receber oficialmente os imigrantes italianos, por volta do ano de 1886, duas nações, Brasil e Itália, um casamento perfeito. No início, vieram 25 famílias de origem do norte da Itália para a Fazenda do Facão (Sericícola) e posteriormente transferidas para a recém criada Colônia Rodrigo Silva. As atividades destes imigrantes envolviam principalmente a agricultura com destaque para o cultivo de milho, feijão, batatas e uvas (com produção de vinho) e junto com a posterior chegada dos imigrantes das várias regiões da Itália, construíram uma brilhante trajetória de luta e de conquistas. Seus descendentes continuam a escrever páginas desta presença marcante na cidade.

IX Feira Italiana de Barbacena

Foto: Arquivo Márcio Cleber  – A Feira Italiana de Barbacena já se tornou um marco na história da cidade

A Associação de Cultura Italiana de Barbacena – Casa d´Itália di Barbacena, surgiu para manter viva a cultura italiana na região e desenvolver a integração dos descendentes das famílias imigrantes do referente país com a comunidade regional. Nesta intenção, fomenta atividades para ampliar seus associados com objetivo desenvolver atividades para apoderar o grupo alvo de sua cultura ancestral.  Uma das grandes realizações da Casa d´Itália di Barbacena é a Feira Italiana, evento destinado a enaltecer a cultura italiana, acontecendo anualmente, momento em que divulga este trabalho.

A Feira tornou-se um marco no calendário de eventos de Barbacena e acontece na próxima semana entre os dias 12 e 15 de abril apresentando músicas, danças e comidas típicas; desfile de crianças com indumentária característica e show dançante. No dia 12 de abril haverá a tradicional pré-abertura com música ao vivo, às 21h, no Gino´s il Candelabro. Sexta-feira, dia 13, na Colônia, barracas com comidas e música – som mecânico. No sábado, dia 14, abertura oficial às 16h com a presença de autoridades e a participação da Banda de Música do 9º Batalhão da Polícia Militar, seguida da escolha do “Colonino” e “Colonina” (concurso infantil) e a noite será animada pela cantora Luma Goulart. A programação de domingo, 15, inicia-se com missa campal às 10h seguida de música Italiana ao vivo com Daniel Falzoni e Tamyres Brandão, Dança Folclórica do grupo Tarantolato, de Juiz de Fora, e às 14h apresentação do  “Colonino” e “Colonina” eleitos. Às 15h, reapresentação do Grupo de Dança Folclórica e encerramento, às 17h, show dançante com Luma Goulart.

As escolas Estadual Gabriela Ribeiro Andrada e Municipal Inês Piacesi participarão durante toda Feira com atividades culturais desenvolvidas pelos alunos, entre elas o desfile com roupas típicas para escolha do “Colonino” e “Colonina”.
A tradicional Feira Italiana terá como palco o Campo do Grêmio da Colônia Rodrigo Silva e  a realização acontece com a importante parceria entre a Casa D´Itália de Barbacena, a União Comunitária de Barbacena – UCB, o Grêmio Recreativo Rodrigo Silva e a Associação dos Moradores do Bairro Roman – AMBRA, contando com o apoio e patrocínio da Prefeitura Municipal de Barbacena e como patrocinador oficial a Regale Corretora de Seguros.

Marcio Cleber
março 28, 2018

Janete Campos fala da Exposição do Mangalarga Marchador em Barbacena

A Exposição Especializada do Cavalo Mangalar Marchador acontece de 11 a 14 de abril, no Parque de Exposições, em Barbacena. Janete Campos, uma das organizadoras do evento, destaca a importância da Exposição para o fomento da raça.

entrevista Janete 2

 

Aproxima-se mais uma Exposição Especializada do Cavalo Mangalarga Marchador de Barbacena. Quais são as expectativas para mais uma edição deste grande vento?

Nossas expectativas são bastante significantes com relação ao número de participantes, tanto de expositores quanto de animais. A cada ano vem aumentando o número o que deixa todos nós organizadores muito satisfeitos, porque demonstra que o trabalho está sendo realizado de forma contundente bem feita na nossa região. Temos vários novos adeptos e pessoas criando o mangalarga marchador e, participando, principalmente, em Barbacena, das provas esportivas. E o público em geral também tem aumentado muito. O morador de Barbacena e região já estão conhecendo o evento que se tornou tradicional e cada ano temos um número de pessoas dentro do parque, além do número de animais.

Qual a importância dessa Exposição para Barbacena, em especial para o fomento econômico?

O agronegócio, todos sabem que tem movimentado muito a economia no Brasil. Às vezes é pouco valorizado, apresentado pouco pela mídia. E um dado importante que às vezes as pessoas não sabem é que o agronegócio emprega mais do que a indústria automobilística. É um setor que precisa ser mais valorizado e em Barbacena, não é diferente. Com este evento temos uma movimentação tanto de pessoas quanto de animais da região, o que isso gera renda para a cidade. Os hotéis acabam ficando cheios no período da Exposição, o que é muito bom para a cidade. Sem contar na visualização conseguimos alcançar levando Barbacena para todo o Brasil. O mangalarga marchador tem um programa de TV que funciona todos os domingos às 7h da noite e na maioria dos eventos que são realizados em Barbacena eles vêm fazer a cobertura do evento. Normalmente quando vou a outros Estados para alguma Exposição, e me conhecem justamente por causa desta visibilidade e sabem que sou de Barbacena.

Com relação à programação da Exposição deste ano.

Nossa programação é muito voltada para o cavalo e o show é o cavalo. Não fazemos shows populares com músicas, apesar de achar que isso é importante e valoriza. Como disse, em nossa Exposição a atração principal é o cavalo. No dia 12, temos julgamento, de marcha e morfologia na pista de grama; à noite, estamos pensando em fazer mais uma palestra mostrando a evolução do mangalarga marchador uma vez que no ano passado tivemos um grande número de participantes. Na sexta, dia 13, continua o julgamento de marcha e morfologia; e à noite temos a tradicional confraternização com os participantes. No sábado, 14, os grandes campeonatos da raça e as eletrizantes provas esportivas do mangalarga marchador que esta ganhando uma visibilidade nacional e com um crescimento muito grande, principalmente em Barbacena. Hoje, em Barbacena, temos cerca de 20 participantes nessas provas. É uma satisfação muito grande falar sobre isso, porque há seis anos quase ninguém em Barbacena conhecia a raça e não sabiam que o mangalarga marchador tinha várias aptidões como essa que é o esporte.

Marcio Cleber
março 23, 2018

BARBACENA INTEGRA CHAPA PELA RENOVAÇÃO DO SISTEMA FECOMÉRCIO

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais -Fecomércio-MG, entidade de representação e defesa do comércio no Estado, terá uma disputa acirrada nas próximas eleições. Pela primeira vez em quase 80 anos de história, haverá uma chapa de oposição para a presidência da entidade: a Renova. O lançamento ocorreu nesta quinta-feira, 22, no Automóvel Clube de Belo Horizonte e contou com a presença de vários empresários do setor de todo o Estado. A votação está marcada para 16 de maio e o Sindicato do Comércio de Barbacena é um dos apoiadores do movimento.

Chapa Lançamento 2 - EH-div

A chapa Renova nasceu da união de comerciantes de todas as regiões do Estado em torno de um projeto de mudança não só das pessoas, mas também do modelo de gestão da Fecomércio MG.

A insatisfação com a atual gestão surge inicialmente pelo descumprimento de compromissos de campanha da eleição de 2010, entre eles o da limitação de mandatos a apenas uma reeleição.  De lá para cá, diante dos muitos problemas gerados pelos erros de gestão, o sentimento de mudança foi ganhando corpo entre empresários e seus sindicatos de todo o Estado, resultando, agora, na chapa Renova, um grupo coeso de mais de 70 integrantes, unidos em prol da renovação e do resgate do Sistema Fecomércio Minas, SESC e SENAC, para cumprir seu papel de defesa da categoria econômica e do desenvolvimento econômico e social.

Osvaldo Fernandes, presidente do Sindicato do Comércio de Barbacena, acredita que a chapa vem para reformular totalmente o sistema Fecomércio.

“A Renova representa a quebra dos paradigmas do Sindicalismo Patronal em Minas Gerais e uma proposta inovadora de como gerir o Sistema Fecomércio de maneira mais eficiente e produtiva, oferecendo aos Sindicatos do Interior e Capital a oportunidade de representar o comércio mineiro de uma forma mais democrática, transparente e participativa”, considera.

Encabeçam a chapa os empresários Nadim Donato, presidente do Sindilojas-BH, e Emerson Beloti, presidente do Sindicomércio de Juiz de Fora, tradicionais varejistas mineiros com vários anos dedicados ao setor. “A chapa Renova traduz o momento em que o país está vivendo, de necessidade de mudanças e de renovação. Ela foi construída com o passar dos anos, em que fomos vendo as coisas acontecerem de forma errada na Fecomércio. A ideia da chapa Renova é reformular a federação e fazer com que ela desenvolva todos os sindicatos, principalmente os do interior, para que eles se tornem cada vez mais fortes, alavancando o setor”, diz Donato, candidato à presidência da Fecomércio.

A chapa Renova tem como principal proposta o fortalecimento do Sistema Fecomércio em Minas,  com a racionalização do uso dos seus recursos, inclusive dos seus braços sociais, o SESC e o SENAC, com a ampliação da presença institucional e do apoio à categoria econômica em todo o Estado mineiro. O grupo visa, também, o fortalecimento dos sindicatos patronais do comércio de bens, serviços e turismo, a fim de que a entidade seja mais respeitada e verdadeiramente ouvida, com base em argumentações técnicas competentes, com atuação transparente e participativa.

Os empresários do grupo entendem que sindicatos fortes constituem caminho para uma Federação também forte, capaz de influenciar políticas públicas que fomentem o comércio em cada região.

“Os sindicatos patronais terão mais voz na atuação e distribuição de demandas em relação aos serviços do SESC e SENAC, e poderão influir mais efetivamente nos projetos da Fecomércio MG, trazendo também mais visibilidade para os sindicatos em todas as regiões do Estado de Minas”, estima Fernandes.